Menu
Busca sábado, 19 de junho de 2021
(67) 99647-9098
FIEMS - julho21
Política

Alan Guedes é eleito presidente da Câmara de Dourados

O mandato terá início em janeiro do próximo ano e segue até 2020

14 dezembro 2018 - 07h56Da Redação com Assessoria

A chapa encabeçada pelo vereador Alan Guedes (DEM) venceu a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Dourados ocorrida na tarde desta quinta-feira (13), após três tentativas frustradas de se realizar o pleito interno. 

Com 19 parlamentares presentes na sessão e a alegação de inexistência da composição adversária que tinha como candidato a presidente Pedro Pepa (DEM), preso desde o dia 5 de dezembro no âmbito da Operação Cifra Negra, Alan acabou conquistando dez votos contra oito que se posicionaram contrário. Um se absteve.

Além de Guedes no comando, Elias Ishy (PT) será vice-presidente, Sérgio Nogueira (PSDB) primeiro secretário e Daniela Hall (PSD), segunda secretária. 

O mandato terá início em janeiro do próximo ano e segue até 2020.

A sessão

Populares marcaram presença na sessão que teve início com a posse dos suplentes Toninho Cruz e Marcelo Mourão, assumindo as vagas de Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB), respectivamente. Com cartazes e faixas eles não deixavam de lembrar dos nomes dos parlamentares presos.  

Logo em seguida foram levados ao plenário as votações de questões de ordem assinadas pelos nove vereadores que fazem parte da base aliada da prefeita Délia Razuk (PR), pedindo a anulação do processo eleitoral e a substituição de nomes de chapas – esse último alegando que o Regimento Interno seria omisso.

Porém, os casos acabaram negados pela maioria dos parlamentares.

Como votaram

A chapa composta pelo vereador Alan Guedes (DEM) recebeu os votos de Lia Nogueira (PR), Marçal Filho (PSDB), Mason Valente (DEM), Daniela Hall (PSD), Toninho Cruz, Marcelo Mourão, Sérgio Nogueira (PSDB), Olavo Sul (Patriota) e Elias Ishy (PT), além do próprio candidato.

Já Bebeto, Silas, Cido Medeiros, Carlito do Gás, Jânio Miguel, Juarez de Oliveira, Maurício Lemes, Júnior Rodrigues se posicionaram contra.

Romualdo Ramin se absteve de votar. 

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Nova pesquisa mostra, liderança apertada de Bolsonaro em MS
Política
Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro
Política
Governo entrega cobertores a famílias campo-grandenses
Política
Bolsonaro tem 'dever cívico' de mostrar prova de fraude na eleição, diz Barroso
Política
Membros da CPI da Energisa se reúnem hoje para definir os "próximos passos"
Política
Senadores suspendem sessão da CPI da Pandemia desta quinta
Política
"Mais social" investirá R$ 182 mi por ano, diz Sérgio Murilo
Política
Diretora de hospital de MS assume secretaria anti-Covid em Brasília
Política
Paulo Corrêa pede prioridade para jornalistas na vacinação contra covid-19
Política
Bolsonaro pede acesso a celular de advogados de Adélio

Mais Lidas

Saúde
"É preciso dizer não", diz adjunta da saúde sobre festas na capital
Geral
Jovem de 27 anos morre após complicações da Covid-19
Polícia
Serial Killer: polícia encontra carta dizendo que muita gente deveria morrer
Saúde
Covid - Prefeitura abre cadastro para vacinação de adolescentes