Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Política

Laerte Tetila tem direitos políticos suspensos

09 novembro 2010 - 15h38
Deputado estadual eleito, Laerte Tetila teve seus direitos políticos suspensos ontem pelo juiz José Carlos de Souza, da segunda vara civil de Dourados. De acordo com o site Dourados News, a ação que culminou na decisão judicial foi iniciada pelo Ministério Público Estadual em 2009 referindo-se a decisões administrativas tomadas em 2001, durante o mandato de Tetila como prefeito de Dourados, relacionadas à contratação de mão-de-obra através de cooperativas. A Justiça determinou que, além de perder a função pública ele também terá a suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos. Tetila foi eleito deputado estadual na eleição deste ano. O ex-prefeito deverá pagar ainda, conforme decisão do juiz, multa de 100 vezes o último salário de quando era prefeito e ressarcir integralmente eventual dano causado aos cofres públicos. A ação cabe recurso no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Fonte: Capital News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro quer gabinete de Michelle vinculado à Presidência
Política
Conselho do Direitos da Mulher repudia fala do vereador Delegado Wellington
Política
Coronel David pede suspensão de parcelas de empréstimos dos servidores
Política
Câmara da capital aprova 6 planos de carreiras da Saúde
Política
Profissionais da Saúde receberão acompanhamento psicológico
Política
Maia diz que Bolsonaro não irá demitir Mandetta por que o ministro é popular
Política
Seguro-desemprego poderá ser pago por até dez meses
Política
Bolsonaro sanciona lei de reeducação para agressores de mulheres
Política
Eleições - Levantamento aponta renovação de 50% na Câmara da capital
Política
"Médico não abandona paciente", diz Mandetta ao ser questionado se deixará cargo

Mais Lidas

Brasil
Vídeo – Sem distanciamento, duas mulheres brigam em fila de supermercado
Saúde
Após conserto, municípios começam receber respiradores
Geral
Casa da Mulher Brasileira repudia discurso de delegado Wellington
Brasil
David Uip não aceita intromissão de Bolsonaro em seu tratamento