Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Por uma diferença de seis votos, senadores rejeitam decreto de armas

O assunto gera muita discussão no Congresso, por flexibilizar o porte de armas

12 junho 2019 - 13h10Mauro Silva, com informações da assessoria

Por 15 votos a 9, o decreto de armas do presidente Jair Bolsonaro não foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, pois os senadores rejeitaram o relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES), que previa a manutenção dos decretos do governo federal, porém a decisão ainda precisa ser confirmada pelo Plenário.

Assinado por Bolsonaro em 7 de maio, os decretos geraram vários questionamentos no Congresso e na Justiça, pois flexibilizavam  o direito ao porte (autorização para transportar a arma fora de casa) e a posse (para manter a arma dentro de casa). Os senadores Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Rogério Carvalho (PT-SE) apresentaram votos para a derrubada da medida. 

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) colocou em votação também o pedido de urgência e a decisão de mérito será analisada no Plenário, ainda hoje (12). Após a tramitação no Senado, a matéria segue para a Câmara dos Deputados.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
"Foi a forma", Simone justifica voto e diz que decreto “não poderia justificar porte de arma"
Política
Modelo processual brasileiro impõe parcimônia dos juízes, diz Moro
Política
Relatório da LDO é entregue à Mesa Diretora da Câmara
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Política
Moro fala sobre conversas vazadas com Dallagnol
Política
Câmara quer retomar gratuidade da bagagem
Política
No Parlasul, Nelsinho defende Rota Bioceânica
Política
Valdir Gomes pode concorrer a prefeitura pelo PP em 2020
Política
No brasil 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte
Política
Lei impede uso particular de milhas aéreas por políticos e servidores

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina