Menu
Busca sexta, 17 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Brasil

Guedes confirma liberação de FGTS e saldo de R$ 42 bilhões até 2020

De acordo com o ministro o Fundo de Garantia será liberado todos os ano

23 julho 2019 - 18h59Mauro Silva, com informações da Folha de São Paulo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, adiantou que o governo vai anunciar nesta quarta-feira (24) a liberação dos recursos referente ao FGTS com um total de R$ 42 bilhões disponibilizados até o ano que vem.

“Eu tinha falado que seria em torno de R$ 42 bilhões. Vai ser mesmo, deve sere uns R$ 30 bilhões este ano  e uns R$ 12 bilhões em 2020”, disse Guedes.

Conforme o ministro o governo de Boslonaro fará diferente em relação ao governo passado. “Antes foi liberado apenas as inativas, mas dessa vamos liberar a ativas também. Eles soltaram uma vez só, nós vamos soltar pra sempre. Todo ano vai ter”, afirmou.

O porta voz da Presidência, Orávio Rêgo Barros, anunciou no início da noite desta terça-feira (23)  que o governo vai limitar o saque deste ano em R$ 500. Ele disse também que não vislumbra reduzir a multa de 40% do saldo pago a trabalhadores demitidos sem justa causa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Secretaria será criada para entrada do Brasil na OCDE, afirma Lorenzoni
Brasil
Funcionários da Casa da Moeda estão parados desde sexta-feira
Brasil
Brasil e Catar acabam com exigência de visto
Brasil
Documentário sobre Dilma é indicado ao Oscar
Brasil
No STF, Netiflix insiste no Especial de Natal Porta dos Fundos
Brasil
Filha do presidente nacional do PROS acusa o pai de agressão
Brasil
Vídeo - Guindaste tomba e afunda barco em rio
Brasil
Taxa sobre energia solar é criticada por Davi Alcolumbre
Brasil
Bolsonaro quer manter relações comerciais com Irã
Brasil
Bolsonaro fala em estabilidade no preço do combustível

Mais Lidas

Esportes
Reforma do Guanandizão poderá ficar pronta em abril
Clima
Defesa Civil dispara alerta para chuvas intensas na Capital
Polícia
Carro furtado é encontrado em lava-jato do Jardim Samambaia
Opinião
Lei da liberdade econômica beneficia pequenos empreendedores