Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Economia

Banco Central cria PL para modernizar mercado de câmbio

Objetivo é melhorar ambiente de negócios no país

07 outubro 2019 - 15h55Sarah Chaves, com informações da Agência Brasil

O Banco Central (BC) propôs projeto de lei (PL) para modernização do mercado de câmbio. Segundo o BC, o projeto “tem por objetivo instituir um novo marco legal, mais moderno, mais conciso e juridicamente seguro para o mercado de câmbio e de capitais estrangeiros no Brasil e brasileiros no exterior”.

O PL foi encaminhado hoje à Câmara dos Deputados por meio de Mensagem nº 483, do presidente da República, Jair Bolsonaro. “Caso venha a ser aprovado pelo Congresso Nacional, o PL permitirá a melhoria do ambiente de negócios no país trazendo simplificação e agilidade para todos os que lidam com operações internacionais. O PL também permitirá que modelos de negócios inovadores possam ser implantados com segurança jurídica, aumentando a competição e propiciando a oferta de serviços mais eficientes para o mercado de câmbio e para operações relacionadas aos capitais estrangeiros”, diz o BC, em nota.

Uma das mudanças é a possibilidade de ter contas de depósito em reais e em moeda estrangeira, e de contas de custódia tituladas por organismos internacionais, bem como contas em reais de depósito e de custódia tituladas por bancos centrais estrangeiros e por instituições domiciliadas ou com sede no exterior que prestem serviços de compensação, liquidação e custódia no mercado internacional. 

Segundo o BC, o projeto consolida em lei única mais de 40 dispositivos legais, editados desde 1920, “que apresentam comandos dispersos e eventualmente obsoletos, que aumentam a insegurança jurídica do público e não contemplam as mudanças tecnológicas em curso e as necessidades atuais da economia brasileira”.

O Projeto também possibilita eliminar exigências criadas há mais de 50 anos, em contextos econômicos superados e configuração das relações econômicas mundiais totalmente diferentes das atuais, e que se tornaram entraves à atividade econômica, propiciando ambiente de negócio desburocratizado e mais atrativo, inclusive para o capital estrangeiro.

A proposta permite adotar requerimentos proporcionais aos valores dos negócios e aos riscos envolvidos. Permite racionalizar as exigências para os investimentos estrangeiros no Brasil, bem como para os investimentos brasileiros no exterior. Também aprimora as regras para que o Banco Central obtenha informações para a compilação de estatísticas.

Finalmente, o PL deverá facilitar a participação de investidores estrangeiros nos mercados financeiro e de capitais ao tornar mais eficiente o processo de registros no Banco Central, diz a autoridade monetária.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Campanha “Compre de MS” busca incentivar consumo de produtos da indústria local
Economia
Caixa abre agências neste sábado para beneficiários do auxílio
Economia
Capital: Cesta básica teve alta em julho, diz Dieese
Economia
Associação Comercial não quer fechamento da capital por 14 dias
Economia
Ministério da Economia quer o fim da meia-entrada nos cinemas
Economia
Salário de servidores estaduais é pago nesta segunda
Economia
Receita prorroga suspensão das ações de cobrança até 31 de agosto
Economia
Estado paga servidores no dia 4
Economia
Há 8 anos, vencedores de concessão aguardam prefeitura finalizar Terminal de Cargas
Economia
BRF afirma que China suspendeu exportações de frango de Dourados

Mais Lidas

Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Campanha “Compre de MS” busca incentivar consumo de produtos da indústria local
Saúde
Vídeo: Recém-nascido recebe alta após superar coronavírus em MS
Internacional
Polícia tenta impor distanciamento em praia e é atacada
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá