Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

“Objetivo é demonstrar nossa contrariedade à reforma da previdência”, diz Sinpol

Polícia Civil paralisou as atividades em todo o Estado desde as 8h desta terça-feira

25 junho 2019 - 15h30Rauster Campitelli

A Polícia Civil paralisou as atividades em todo o Estado de Mato Grosso do Sul desde as 8h desta terça-feira (25), conforme deliberação da Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis). O ato acontece em defesa da aposentadoria policial e da dignidade dos servidores públicos da segurança pública. Na capital, a manifestação é realizada em frente à Depac Centro.

Segundo o presidente do Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Giancarlo Miranda, a paralisação teve adesão de 100% da categoria, que trabalha somente com o efetivo mínimo necessário para atendimento a crimes graves e flagrantes.“O principal objetivo é demonstrar nossa contrariedade à reforma da previdência. Os policiais civis do Brasil inteiro fizeram hoje um dia de protesto. Em mato Grosso do Sul nós deliberamos essa paralisação e todas as delegacias aderiram”.

Conforme Giancarlo, a polícia busca conscientizar a população de que a reforma da previdência pode ser necessária, no entanto, deve haver ajustes, principalmente no que diz respeito à questão dos empregadores da segurança pública.

“Nosso trabalho é de risco constante. Quem morre combatendo o crime somos nós policiais, então devemos ter pelo menos algumas situações a serem ponderadas, tal como a pensionista, que deve ter o seu direito resguardado, e o direito [dos policiais] a uma aposentadoria digna. Não esperamos nem queremos privilégios, mas apenas que o nosso trabalho seja respeitado e tenha também uma similaridade com as demais forças militares”, explica.

Também haverá um ato em Brasília no dia 2 de julho. “Caravanas do Brasil inteiro estarão lá fazendo um protesto para que, dentro da Câmara Federal, a gente consiga reverter essa situação desfavorável aos policiais. Esperamos que até lá a gente tenha um aceno positivo, seja do governo, seja da Câmara”.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Anta de 170kg entra em tanque de esgoto
Geral
Entra em fase final de testes maior aeronave militar feita no Brasil
Geral
Brasil comemora chegada do homem à Lua
Geral
Fogaça do MasterChef sofre grave acidente
Geral
Para Emir Sader, Lula aparenta estar "muito bem fisicamente”
Geral
Centro Cultural oferece 48 vagas gratuitas para curso de Ballet
Geral
Vídeo - Idosa de 93 anos faz sucesso empinando pipa
Geral
Nelsinho será palestrante durante a 71ª SBPC
Geral
Bradesco tem agência exclusiva para recadastramento de servidores
Geral
Francês atravessa o Atlântico em um tonel e história vai virar livro

Mais Lidas

Polícia
Em grave acidente adolescente perde os pais e fica ferido
Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo