Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Justiça

TJ-MS condena rapaz a 27 anos por morte e estupro em Unei

Jorge Douglas teria matado Lucas de Souza para vingar estupro de criança de 6 anos

20 fevereiro 2020 - 11h11Priscilla Porangaba

Jorge Douglas da Silva, de 19 anos, foi condenado a 27 anos, 3 meses e 3 dias de reclusão, em regime inicial fechado, sem a possibilidade de recorrer em liberdade pela morte do menor Lucas de Souza Araújo, na época com 15 anos,  na UNEI "Tia Aurora", em Três Lagoas em 2017.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), a sessão de julgamento foi por videoconferência, já que Jorge está encarcerado no presídio da comarca de Dois Irmãos do Buriti.

Jorge foi culpado por homicídio duplamente qualificado, estupro e corrupção de menores.

De acordo com o processo, o crime foi cometido após Jorge saber que Lucas teria estuprado um garoto de seis anos, na cidade de Paranaíba. Na época do crime, Lucas, Jorge e outro adolescente dividiam a mesma cela na Unei.

Segundo a sentença, junto com o outro adolescente que estava na cela, Jorge teria constrangido a vítima a praticar ato libidinoso diverso da conjunção carnal, matando-o por asfixia em seguida.

Durante o processo, a defesa alegou insanidade mental do réu e o juiz determinou a instauração de incidente de insanidade mental para que um laudo fosse preparado por profissional designado pela justiça.

No julgamento, o promotor requereu a condenação nos termos da pronúncia e a defesa buscou o reconhecimento da negativa de autoria quanto aos crimes de homicídio e estupro, alegando ausência de materialidade quanto à corrupção de menores.

 Reunido em sala secreta, por maioria de votos declarados, o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade, a letalidade e a autoria, mantendo as qualificadoras do homicídio.

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça Federal autoriza Cervejaria Bamboa a fabricar álcool em gel
Justiça
Gilmar Mendes decide manter recomendação de soltar presos devido à pandemia
Justiça
STF barra pagamento de dívida e MS terá R$ 30 milhões mensais para combate à epidemia
Justiça
Justiça absolve pastor vice-presidente de abrigo acusado de estuprar adolescente
Justiça
Defesa usa coronavírus para "soltar" Jamil e juiz nega pedido
Justiça
Cartórios suspendem atendimento presencial por tempo indeterminado
Justiça
Câmara de Vereadores fecha por tempo indeterminado em Dourados
Justiça
Liminar do TJ libera prisão domiciliar para devedores de pensão alimentícia
Justiça
OAB-MS suspende atividades para evitar contágio do coronavírus
Justiça
TJ-MS adia prova do concurso para titular de cartórios

Mais Lidas

Justiça
Justiça Federal autoriza Cervejaria Bamboa a fabricar álcool em gel
Geral
McDonalds doa refeições para profissionais da saúde na capital
Justiça
Gilmar Mendes decide manter recomendação de soltar presos devido à pandemia
Saúde
Com três novos casos, MS chega a 31 pessoas com coronavírus