Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Justiça

TJ recua e só 'reabre' dia 23 de agosto

Com isso, os planos de retomar a normalidade na Justiça dia 3 de agosto estão adiados

30 julho 2020 - 17h08Da redação, com informações da assessoria

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), prorrogou o regime de plantão extraordinário, e a previsão de retomada dos trabalhos presenciais não serão mais no dia 3 e sim no dia 23 de agosto.

A prorrogação é resultado dos estudos do comitê de análise das condições para o retorno gradual ao trabalho presencial que debatem estratégias para a volta das atividades do órgão em meio à pandemia de coronavírus. A Portaria nº 1.813, que prorroga o regime de plantão extraordinário para o dia 23 de agosto será publicada no Diário da Justiça na sexta-feira (31).

O presidente do TJMS, Des. Paschoal Leandro havia divulgado que a previsão inicial de retomada gradual do trabalho presencial seria a partir de 3 de agosto, porém diante dos atuais indicadores epidemiológicos e os dados atuais de ocupação de leitos hospitalares, que demonstram que a doença se encontra em estágio acelerado de crescimento no Estado, a retomada foi adiada. 

Na primeira etapa da volta gradual dos trabalhos presenciais serão adotadas as recomendações de biossegurança considerando abordagens distintas para os diferentes setores.

Será obrigatório o uso de máscaras nos prédios e será feita a higienização das mãos com álcool em gel 70%, além da aferição da temperatura de todos os que adentrarem na instituição, não sendo permitida a entrada caso a temperatura exceda 37,5ºC.

De acordo com o plano será mantida a modalidade de teletrabalho para servidores que fazem parte do grupo de risco, os demais permanecerão no sistema de revezamento no trabalho presencial sendo ocupação máxima de cada sala de até 30% na primeira etapa.

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
"O judiciário continuará a ser grande", diz Contar ao assumir TJ
Justiça
Convidados terão que responder questionário para posse de Contar, no TJ
Justiça
Ministro do STF vê Jamil como chefe de "organização criminosa" e mantém prisão em Mossoró
Justiça
Eleitor tem até esta semana para justificar ausência no 1º turno
Justiça
Luísa Sonza é processada por suposto ato racista e nega as acusações
Justiça
Dois anos depois, ex-diretor do Hospital Regional é inocentado
Justiça
Sem provas, MPE inocenta Jamil Name e conselheiro do TCE da morte de delegado
Justiça
Consórcio Guaicurus terá que pagar R$ 10 mil a idosa que se machucou no ônibus
Justiça
Empresária acusada de racismo paga R$ 10 mil e "se livra" da cadeia
Justiça
STF decide que amante não tem direito de dividir pensão com viúva

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio