Menu
Menu
Busca terça, 16 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Justiça

Trio vai a júri por assassinato de detento em presídio de Campo Grande

Vítima foi morta por espancamento e enforcamento em 2023

24 junho 2024 - 07h11Vinícius Santos     atualizado em 24/06/2024 às 08h03

Três detentos serão levados a julgamento popular em Campo Grande, conforme decisão da Justiça. Higor Eduardo Franco, Talisson da Silva Nascimento e Vandelson Britez Machado são acusados pelo homicídio de Célio Aparecido da Silva Santos, ocorrido em 13 de outubro de 2023, dentro do Instituto Penal da cidade.

Segundo o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, os três agressores e a vítima estavam na mesma cela quando Célio foi violentamente espancado e enforcado. A promotoria alega que o crime foi motivado por discordâncias pessoais, pois os acusados contestavam a liderança autoproclamada por Célio no local.

O laudo necroscópico revelou múltiplas lesões e confirmou asfixia como causa da morte. Durante o processo, Higor confessou o crime na fase policial, mas optou por permanecer em silêncio durante o julgamento. Talisson permaneceu calado em ambas as fases, enquanto Vandelson admitiu o delito em juízo, detalhando o ocorrido.

Os depoimentos das testemunhas Edson José Alves dos Santos e Daniel Gamarra Dorileo apontaram unanimemente os três acusados como responsáveis pelo homicídio, afirmações corroboradas pela testemunha Rômulo Teixeira Marcelo, delegado de polícia.

A decisão de pronúncia foi proferida pelo juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. Não havendo recursos por parte dos réus, a data do julgamento deve ser marcada.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ex-guarda civil municipal Marcelo Rios -
Justiça
Marcelo Rios recorre ao TJMS para julgamento presencial no caso Playboy da Mansão
Execução em Campo Grande - Foto: Reprodução
Justiça
TJ nega recurso para anular investigação de dupla execução em Campo Grande
Vereador Chicão, do PSDB em Caarapó -
Justiça
Justiça eleitoral condena vereador por propaganda antecipada em MS
Desembargadores - Carlos Eduardo Contar e Sideni Soncini Pimentel
Justiça
Novo presidente e vice-presidente do TRE-MS são empossados
Justiça condena Consórcio Guaicurus a pagar R$ 10 mil à família de idosa que caiu em ônibus
Cidade
Justiça condena Consórcio Guaicurus a pagar R$ 10 mil à família de idosa que caiu em ônibus
Divulgação - TJMS
Justiça
Adolescentes em medida socioeducativa visitam Bioparque Pantanal
Marly Norimi é secretária de Planejamento e Finanças
Justiça
Secretária 'mete o louco' e usa namorado para dar golpe do seguro em Porto Murtinho
Governo federal libera R$ 137,6 milhões para combater incêndios no Pantanal
Justiça
Governo federal libera R$ 137,6 milhões para combater incêndios no Pantanal
Nego Di
Brasil
Influenciador Nego Di é preso por golpe de R$ 5 milhões
Motoristas de App podem ser banidos por atos graves, mas têm direito à defesa, diz STJ
Justiça
Motoristas de App podem ser banidos por atos graves, mas têm direito à defesa, diz STJ

Mais Lidas

Casa da Mulher Brasileira, a Deam
Polícia
Miojinho? Homem surta após 'g0zAr rápido' durante swing com esposa e amigos no Colúmbia
Próximos dias serão quentes
Clima
Até logo, frio! Temperaturas voltam a subir e Capital deve registrar 30ºC esta semana
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Polícia
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Influencer e policial 'mais sexy do México', gravam vídeo pornô em metrô
Geral
Influencer e policial 'mais sexy do México', gravam vídeo pornô em metrô