Menu
Busca sábado, 19 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Polícia

Camareira é estuprada em motel na capital

Quando estava presa, um dos homens acabou rasgando sua calça e obrigou a tirar o restante das roupas

19 dezembro 2018 - 15h57Da redação

Na noite de terça-feira (18), uma mulher de 49 anos foi amarrada e estuprada por dois homens que estavam em um quarto de motel que fica localizado na avenida das Bandeiras. O fato aconteceu logo após a camareira solicitar que a dupla desocupasse o quarto.

De acordo com o boletim de ocorrência, outro funcionário do estabelecimento, ouviu gritos de socorro vindo de um dos quartos, por volta das 22h, foi o momento em que ele foi até onde estava vindo os gritos, e percebeu que a porta estava trancada, então acabou batendo, até que um homem atendeu e questionado sobre o que estava acontecendo, um dos autores disse que estava ele e seu amigo com uma garota de programa.

O funcionário não engoliu a conversa do rapaz, e forçou a entrada, quando se deparou com a sua colega de trabalho caída no chão do banheiro e um dos autores em cima da vítima. Neste momento o suspeito tomou o cassetete que o funcionário estava em sua mão, que saiu correndo e acabou acionando a Polícia Civil.

Quando os policiais chegaram no quarto, a porta estava trancada, foi solicitado que fosse aberta ou seria arrombada. O suspeito de estupro abriu a porta, e a camareira foi encontrada dentro do local, nua e enrolada em uma toalha.

A vítima contou em depoimento que foi arrastada para o quarto, depois de pedir que os dois desocupasse o quarto, porque já havia passado do horário. Quando estava presa, um dos homens acabou rasgando sua calça e obrigou a tirar o restante das roupas.

Ela foi derrubada no chão e teve sua boca e mão amarradas com um pano. Segundo a vítima, um dos homens obrigou a fazer sexo oral. Ela foi agredida, no olho e na mão com o cassetete.

Um dos autores foi preso em flagrante, já o outro acabou fugindo do local antes que os policiais chegassem. Mas de acordo com a camareira, ele não a estuprou, só ajudou a mante-la no quarto.

O homem que foi preso em flagrante será indiciado pelo crime de estupro. Ele e a vítima foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Piratininga.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Sem CNH e bêbada, mulher bate em mureta e depois em caminhonete no Nova Lima
Polícia
Adolescente de 17 anos é apreendido após furtar unidade de saúde em MS
Polícia
Cocaína avaliada em R$ 5 mi é apreendida na MS-164
Polícia
Após denúncia, polícia encontra idoso acorrentado em cadeira
Polícia
Polícia resgata filhote de veado perdido da mãe
Polícia
Operação contra o tráfico prende dois com cocaína e arma em Dourados
Polícia
Serial Killer: polícia encontra carta dizendo que muita gente deveria morrer
Polícia
Traficante é preso com 12 kg de maconha enterrado no quintal de casa no Jardim Pênfigo
Polícia
Homem esfaqueado por mulher, corre e pede ajuda em bar no Noroeste
Polícia
Pela 2ª vez, boca de fumo é fechada e casal vai preso

Mais Lidas

Saúde
"É preciso dizer não", diz adjunta da saúde sobre festas na capital
Geral
Jovem de 27 anos morre após complicações da Covid-19
Polícia
Serial Killer: polícia encontra carta dizendo que muita gente deveria morrer
Saúde
Covid - Prefeitura abre cadastro para vacinação de adolescentes