Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Polícia

Continuam as buscas por jovem desaparecida

Regiane sumiu ao sair para fazer um recisão de trabalho há duas semanas

28 dezembro 2018 - 08h39Da Redação com Assessoria

Continuam as buscas por Regiane Alves Medeiros Alcunha, 22 anos, que está desaparecida há duas semanas na capital. Ela desapareceu após sair de casa dizendo que assinaria uma rescisão de contrato trabalhista, na manhã do dia 13 de dezembro.

Familiares e amigos já prestaram depoimento para a polícia. De acordo com as informações, desde o dia do desaparecimento, o celular da jovem esta desligado. De acordo com o marido de Regiane, Auro César Melgarejo Rodrigues, 24 anos, afirmou que ela não chegou a ir na empresa onde trabalhava.

Regiane foi vista pela última vez em um ponto de ônibus, no bairro onde mora, São Jorge da Lagoa. A jovem é mãe de dois filhos, de 1 e 3 anos.

O caso segue em investigação pela Delegacia de Homicídios de Campo Grande e quem tiver alguma informação de Regiane, pode acionar a polícia através do telefone 190 ou pelo (67) 9 9199-8551.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Militar leva cadeirada em briga em estabelecimento na Rua da Divisão
Polícia
Colisão entre motos acaba com jovem de 22 anos morto
Polícia
Mulher morre na MS-497 após perder a direção e bater em árvore
Polícia
Idosa é agredida com chutes e socos, e ainda é ameaçada de morte
Polícia
Bêbado, homem é espancado no Danúbio Azul
Polícia
De visita na capital, idoso morre após ser atingido por bala perdida no Panorama
Polícia
Vídeo: Homem é atacado por jacaré enquanto nadava no Lago do Amor
Polícia
Bebê morre durante parto humanizado no Novos Estados
Polícia
Jovem é autuado por maus-tratos
Polícia
Operação na fronteira prende foragidos e apreende armamento de alto poder de destruição

Mais Lidas

Vídeos
Vídeo: “Dei umas machucadas nele também”, diz rapaz atacado por jacaré no Lago do Amor
Vídeos
Chuva se intensifica em toda capital
Brasil
Prédio desaba, deixa um morto e três feridos
Geral
Capital teve poucos estragos, mas interior registrou danos