Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

“Disciplina do PCC” morre em troca de tiros

Ele teria aberto fogo contra uma equipe policial e acabou morto

27 dezembro 2018 - 09h45Da redação

Thiago Antônio dos Santos Pedre, 30 anos, morreu após trocar tiros com policiais de Três Lagoas, na tarde de quarta-feira (26). Ele era de Araçatuba- SP e segundo a polícia seria o “disciplina” da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e atuava em crimes no município.

Conforme as informações policiais, o homem estaria em uma motocicleta adentrando no condomínio quando foi visto por policiais. O veículo foi reconhecido por ter características de uma moto utilizada em assaltos na cidade. Os policiais tentaram realizar a abordagem, mas Thiago não teria respeitado a ordem de parada, correndo para um dos apartamentos e aberto fogo contra a polícia.

Os policiais revidaram e acertaram Thiago que morreu no local. As marcas dos tiros ficaram nas paredes e até mesmo no chão do condomínio onde a ação ocorreu.

A arma utilizada por Thiago foi encontrada ao lado do corpo. 

Em 2018 nove pessoas morreram em troca de tiros envolvendo policiais em Três Lagoas. 

 

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ministério da Informação no Afeganistão sofre ataque
Polícia
Mulher é assaltada e estuprada em Dourados
Polícia
Ex-nomeado da Segov é investigado por usar telefone em presídio
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia
Polícia
Bandidos fingem ser clientes e trabalhadores são feitos reféns
Polícia
PMA multa mulher por colocar fogo em vegetação
Polícia
Jovem tem bicicleta furtada em estacionamento de supermercado
Polícia
Homem morre após se afogar em piscina

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária