Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Felix Fischer não prorroga prisões, e detidos da "Vostok" acabam de ser liberados

Com isso, a grave crise política que se abateu sobre a campanha tucana à reeleição tende a diminuir

16 setembro 2018 - 13h01Da redação

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), não prorrogou o mandado de prisão temporária dos 14 investigados pela Polícia Federal (PF) na Operação Vostok. Eles haviam sido detidos para que não houvesse interferências nas investigações.

A prisão temporária é regulamentada pela lei nº 7.960/89, e só pode ser decretada pela autoridade judiciária, tendo tempo limitado de duração de cinco dias, que são prorrogáveis por igual período, desde que demonstrada a necessidade, mas o ministro não usou desta prerrogativa e os envolvidos serão liberados.

O prazo para a liberação dos detidos na última quarta-feira (12) começa termina a meia noite deste domingo (16). E todos os envolvidos já foram liberados nesta tarde.

Com isso, a grave crise política que se abateu sobre a campanha tucana à reeleição tende a diminuir. O tamanho do estrago e as consequências eleitorais só poderão ser aferidas nas próximas pesquisas.

Acambam de ser soltos: Rodrigo Souza e Silva; Ivanildo da Cunha Miranda; João Roberto Baird; Antônio Celso Cortez; Elvio Rodrigues; Francisco Carlos Freire de Oliveira; José Roberto Teixeira; Marcio Campos Monteiro; Miltro Rodrigues Pereira; Nelson Cintra Ribeiro; Osvane Aparecido Ramos; Rubens Massahiro Matsuda e Zelito Alves Ribeiro.

José Ricardo Guitti Guimaro, conhecido como "Polaco",  não teria se apresentado à Políca Federal até a publicação dessa matéria.

Operação Vostok

A Operação Vostok foi deflagrada na manhã de quarta-feira (12) pela Polícia Federal (PF) a pedido do Ministério Público Federal (MPF). Ambas as instituições investigam um suposto esquema de concessão ilegal de créditos tributários pelo Executivo Estadual, que pode ter causado o prejuízo de mais de R$ 209 milhões aos cofres públicos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Para Guedes reforma da Previdência não pode ser menor que R$ 1 trilhão
Política
Vereadores votam quatro projetos na sessão de quinta-feira
Política
No STF, Azambuja discute Lei Kandir e repasses da União para os estados
Política
Bolsonaro entrega reforma da Previdência ao Congresso
Brasil
Suspensão de decreto sobre sigilo de documentos é aprovado pela Câmara
Política
Renato Câmara tem nome indicado para presidir o MDB-MS
Brasil
Nelsinho é o novo coordenador da bancada do MS no Congresso
Brasil
Campos Neto será sabatinado na próxima semana
Política
Orro propõe que leitura nos presídios diminua a pena dos custodiados de MS
Política
"Questão caixa 2" é retirado de pacote de Moro, diz Estadão

Mais Lidas

Geral
Imagens fortes: Mulher perde 80% do lábio inferior após ser mordida em briga
Polícia
Depois de sair de festa, jovem morre ao capotar veículo no centro
Polícia
No centro, homem tenta fotografar partes íntimas de mulher
Polícia
Mulher é espancada após negar manter relações sexuais com marido