Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Governo/Dengue
Política

Tarcísio Freitas assumirá Ministério da Infraestrutura, anuncia Bolsonaro

Freitas atuou como chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil na Missão das Nações Unidas no Haiti

27 novembro 2018 - 16h22Da redação

Foi anunciado na tarde desta terça-feira (27) pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, em seu Twitter Oficial, Tarcísio Gomes de Freitas, ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), como o futuro ministro da Infraestrutura.

Tarcísio assumira o Ministério da Infraestrutura, uma pasta que não existia. Atualmente atua como consultor legislativo da Câmara Federal, ele é formado pelo Instituto Militar de Engenharia.

Freitas atuou como chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil na Missão das Nações Unidas para estabilização do Haiti.

O primeiro nome que foi cotado para chefiar esse ministério foi o do general da reserva do Exército Oswaldo Ferreira, que trabalhou na campanha de Bolsonaro. Mas ele optou por não assumir a pasta.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso
Política
Presidente do TCE-MS é reeleito com unanimidade dos votos
Política
AO VIVO: O que Dagoberto quer fazer por Campo Grande?
Política
Onevan melhora da Covid, e é transferido para SP
Política
Marquinhos construirá mais 2,8 mil novas moradias
Política
Vídeo - Tereza Cristina declara apoio a Marquinhos
Política
Candidatos terão dia marcado por entrevistas nesta segunda
Política
Pescadores são multados em R$ 15 mil por crime ambiental
Política
Partidos e candidatos não consegue abertura de contas e recorrem ao Procon

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso