Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Brasil

Temer sanciona lei que destina verba de loterias para segurança

A proposta estava na mesa do presidente desde o dia 21, para ser sancionada

12 dezembro 2018 - 15h37Da redação

O presidente Michel Temer sancionou na tarde desta quarta-feira (12) a lei que destina receitas da arrecadação de loterias para a segurança pública, bem como para os ministérios do Esporte e da Cultura. Essas duas últimas já recebiam recursos das loterias da Caixa Econômica Federal. A Medida Provisória (MP) 846, que trata do tema, foi aprovada pela Câmara em 21 de novembro, e no Senado no mesmo dia, seguindo para sanção presidencial.

O Ministério da Segurança Pública ficará com cerca de 9,4% da arrecadação bruta das loterias existentes. De acordo com o ministro Raul Jungmann, o setor terá cerca de R$ 4,2 bilhões de receita oriunda dessa lei até 2022. Apenas para o ano que vem, serão cerca de R$ 2 bilhões.

Da verba destinada à segurança pública, metade vai para os estados. A outra metade será dividida em 20% para programas de qualidade de vida dos policiais, agentes de segurança e agentes penitenciários e 30% para gestão do governo federal. A União, segundo Jungmann, poderá fazer convênios com os estados e municípios ou então a compra direta.

Anteriormente, Temer havia editado a MP 841 que criava o Fundo Nacional de Segurança Pública com recursos das loterias federais e tirava recursos das pastas da Cultura e do Esporte. A MP 846, assinada pelo presidente Michel Temer no final de julho, voltou a destinar recursos das loterias federais para os ministérios do Esporte e da Cultura, além de alocar parte dessa verba na área da segurança pública.

Na cerimônia de sanção da lei, Jungmann, exaltou as providências do governo Temer para federalizar a segurança pública. Para ele, o que se fazia antes era um “federalismo acéfalo”. “Se na saúde o processo de construção do SUS foi liderado pela União; se isso aconteceu na assistência, cultura e esportes e nunca na segurança pública, o governo federal teve responsabilidade [de fazer]. Hoje temos uma Política Nacional de Segurança Pública. É lei, institucional e vai dar rumo à segurança pública no Brasil”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Dia da alimentação alerta para relação entre fome e mudança climática
Brasil
Vídeo: Mulher dançando em plenário circula na internet
Brasil
Durante viagem, morador de MS morre após comer pizza de camarão
Brasil
Adolescente de 14 anos é esfaqueada após recusar sexo com homem de 44 anos
Brasil
Militares brasileiros e norte-americanos treinarão juntos em novembro
Brasil
Adolescente é detida com faca após invadir escola e fazer ameaças
Brasil
Acusado de fraudes com operação de criptomoedas é preso pela Polícia Federal
Brasil
"Eu decidi não tomar mais a vacina", diz presidente
Brasil
Mega-Sena tem prêmio estimado em R$ 6,5 milhões hoje
Brasil
Lançamento de selos em homenagem ao Cristo Redentor acontece na Catedral Metropolitana

Mais Lidas

Polícia
Jovem é encontrada morta ao lado da cama de hotel na fronteira
Cidade
Detran e Bombeiros recomendam que pessoas não saiam de casa
Polícia
Mãe é presa depois de consentir namoro da filha de 13 anos com rapaz de 20 anos
Clima
Vídeo: Tá chovendo ai? Tempestade com queda de granizo é registrada na capital