Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Economia

Após Bolsonaro falar em demissão do presidente do BNDES, diretor renuncia

Segundo Guedes, presidente ficou 'angustiado' com escolha de 'nomes ligados ao PT' para a diretoria

16 junho 2019 - 12h14Rauster Campitelli, com informações do G1

O diretor de Mercado de Capitais do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Marcos Barbosa Pinto, renunciou ao cargo neste sábado (15), após enviar uma carta ao presidente da instituição, Joaquim Levy. Ele afirmou que decidiu deixar o cargo em razão do "descontentamento manifestado" pelo presidente Jair Bolsonaro – ele afirmou ontem que Levy estava com a "cabeça a prêmio" e que, se não demitisse o diretor, ele seria demitido.

"Escrevo para apresentar minha renúncia ao cargo de diretor do BNDES. É com pesar que entrego essa carta, logo após ter tomado posse, mas não quero continuar no cargo diante do descontentamento manifestado pelo presidente da República com minha nomeação", escreveu Marcos Pinto.

"Tenho muito orgulho da carreira que construí ao longo dos anos, seja na academia, no governo ou no mercado financeiro. Dada minha experiência, achei que poderia contribuir para implementar as reformas econômicas de que o país precisa", acrescentou no documento.

Conforme o ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro ficou "angustiado" porque Levy optou por "nomes ligados ao PT" para cargos no banco. Segundo informações do jornal "Valor Econômico", Marcos Pinto é mestre em direito pela Universidade de Yale (EUA) e doutor pela Universidade de São Paulo (USP).

Ele foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidência do BNDES (2006-2007). Fiocca era considerado, no governo federal, um homem de confiança de Guido Mantega, ministro da Fazenda nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Marcos Pinto é também ex-diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Estados Unidos anuncia a doação de mais US$ 6 milhões ao Brasil
Economia
Caixa conclui pagamento da 1ª parcela do auxílio a novos aprovados
Economia
PIB brasileiro diminui e alcança 1,5% no 1º trimestre de 2020
Economia
Contas públicas têm resultado negativo em abril
Economia
Receita paga primeiro lote do Imposto de Renda nesta sexta-feira
É a primeira vez na história que o pagamento da restituição é feito no mês de maio
Economia
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
Economia
FCO libera $ 146,1 milhões para empreendimentos em MS
Economia
Conta de luz ficará "mais barata" até dezembro
Economia
Com vetos, Bolsonaro aprova projeto de socorro financeiro a estados e municípios
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais

Mais Lidas

Justiça
Justiça obriga empresa a pagar r$ 2 mil à aluno que não recebeu aulas do curso
Polícia
Adolescente é flagrado com drogas e armas
Economia
Estados Unidos anuncia a doação de mais US$ 6 milhões ao Brasil
Internacional
Macacos 'assaltam' laboratório e levam exames de sangue com coronavírus