Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Secovi
Economia

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2

Adicional de R$ 150 só começará a ser pago em março

14 fevereiro 2023 - 06h50Vinicius Costa

A Caixa Econômica Federal paga hoje (14) a parcela de fevereiro do Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 2. O valor mínimo corresponde a R$ 600.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, neste mês o programa de transferência de renda do governo federal alcançará 21,86 milhões de famílias, com um gasto de R$ 13,2 bilhões. O valor médio recebido por família equivale a R$ 606,91.

Desde o mês passado, o programa social voltou a se chamar Bolsa Família. O valor mínimo de R$ 600 foi garantido após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, que permitiu a utilização de até R$ 145 bilhões fora do teto de gastos neste ano, dos quais R$ 70 bilhões estão destinados a custear o benefício.

O pagamento do adicional de R$ 150 para famílias com crianças de até 6 anos ainda não começou. Em janeiro, o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Wellington Dias, afirmou que o valor extra só começará a ser pago em março, após o governo fazer um pente-fino no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), para eliminar fraudes.

No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também será pago hoje às famílias inscritas no CadÚnico com NIS final 2. Com valor de R$ 112 em fevereiro, o benefício segue o calendário do Bolsa Família.

Com duração prevista até o fim de 2026, o programa atende a 5,95 milhões de famílias neste mês. Com a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, o benefício foi mantido em 100% do preço médio do botijão de 13 kg. Apenas neste mês, o governo gastará R$ 667,2 milhões com o programa.

Só pode receber o Auxílio Gás quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

* Com informações da Agência Brasil

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsa Família realiza novos pagamentos neste mês
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 6 nesta sexta
Receita Federal abre consulta de restituição do Imposto de Renda
Economia
Começa nesta quinta-feira consulta ao lote de restituição do IRPF
Novo Bolsa Família do Governo Federal
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 5 nesta quinta
Receita Federal abre consulta de restituição do Imposto de Renda
Economia
Começa consulta a maior lote de restituição do IR da história
Novo Bolsa Família
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 4 nesta quarta
Receita Federal abre consulta ao maior lote de restituição do IR na história
Economia
Receita Federal abre consulta ao maior lote de restituição do IR na história
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 3 nesta terça
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 3 nesta terça
BNDES estuda linha especial para reconstrução do Rio Grande do Sul
Economia
BNDES estuda linha especial para reconstrução do Rio Grande do Sul
IPVA vence dia 29 de maio
Economia
Atenção motoristas de MS: quinta parcela do IPVA vence dia 29 de maio
Governo perdeu R$ 3,4 bilhões em impostos com proibição de vapes, diz pesquisa
Economia
Governo perdeu R$ 3,4 bilhões em impostos com proibição de vapes, diz pesquisa

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'