Menu
Menu
Busca terça, 18 de junho de 2024
Aguas Jun24
Economia

Crise piora e mercado já fala em queda de 3% do PIB também em 2016

03 novembro 2015 - 10h28

Via Istoé Dinheiro

A economia brasileira pode estar no meio da mais severa crise em mais de um século. Já há consenso entre os analistas de que o Brasil enfrentará dois anos de recessão, o que não ocorria desde 1930. O recuo deste ano é apontado pelos analistas como algo próximo de 3%. Os números para 2016 ainda variam bastante, mas, se estiverem corretas as projeções mais pessimistas que começam a aparecer, com queda até superior a 3%, o quadro será mais desalentador: o ciclo econômico do atual biênio vai ser o pior pelo menos desde 1901, início da série histórica disponível no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O Bank of America Merrill Lynch já prevê para 2016 um recuo de 3,5% no PIB, número pior que a queda de 3,3% projetada para este ano. O Banco Fibra prevê para o ano que vem queda de 2,6%, enquanto o BNP Paribas já projeta um recuo de 2,5%.

A revisão de parte dos bancos e consultorias para o cenário econômico ocorreu principalmente por causa da fraqueza dos indicadores divulgados ao longo deste segundo semestre. Nos últimos meses, a economia brasileira vem colhendo uma série de dados negativos em quase todos os setores, sobretudo na indústria, e tem enfrentando uma deterioração muito acentuada no mercado de trabalho.

“Para 2015, percebemos um aprofundamento da recessão no segundo semestre puxado pelo setor industrial. Os estoques continuam elevados, em especial os da cadeia automobilística”, diz Rodolfo Margato, economista do banco Santander. O banco revisou a sua projeção para o PIB deste ano de -2,8% para -3,2%. E a recessão esperada para 2016 passou de -1% para -2%.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Passeio pela Fazenda Estância Mimosa em Bonito MS
Economia
Projeção da CNC estima que turismo cresça 2,7% em 2024
Foto: Divulgação
Economia
Exportações de industrializados crescem 10% em 2024 em MS
Novo Bolsa Família
Economia
Beneficiários do NIS final 2 recebem parcela do Bolsa Família nesta terça
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco
Economia
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco
Pedágio da CCR MSVia na rodovia federal BR-163
Geral
CCR-MSVia reajusta tarifas de pedágio na BR-163 em Mato Grosso do Sul
Ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet
Política
Simone Tebet vai ao Congresso para debater projeto da LDO de 2025
Dólar fecha a R$ 5,36, maior patamar desde novembro de 2022
Economia
Dólar fecha a R$ 5,36, maior patamar desde novembro de 2022
Com devolução da 'MP do Fim do Mundo', preço do combustível não deve aumentar em MS
Economia
Com devolução da 'MP do Fim do Mundo', preço do combustível não deve aumentar em MS
TJMS promove conciliação de precatórios e movimenta R$ 1,4 milhão
Justiça
TJMS promove conciliação de precatórios e movimenta R$ 1,4 milhão
Empresários da Capital esperam vender até 30% com o Dia dos Namorados
Economia
Empresários da Capital esperam vender até 30% com o Dia dos Namorados

Mais Lidas

Inverno 2024
Clima
Inverno começa nesta semana e deve ter temperaturas acima da média em 2024
Ex-prefeito de Anastácio, Douglas Melo Figueiredo
Justiça
Justiça atende MPMS e bloqueia R$ 639 mil do ex-prefeito de Anastácio
Passageira de carro que bateu em poste na Afonso Pena morre na Santa Casa
Polícia
Passageira de carro que bateu em poste na Afonso Pena morre na Santa Casa
Mulher posta nude do ex-marido para se vingar após ver foto dele com nova namorada
Polícia
Mulher posta nude do ex-marido para se vingar após ver foto dele com nova namorada