Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Em 6 anos, indústria aumenta em 78% as vagas de empregos

23 maio 2011 - 05h32Fiems

Nos últimos seis anos, o setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, registrou crescimento de 78,1% em empregos formais.

Os números saltam de 68.269 trabalhadores no ano de 2005 para 121.612 até abril deste ano, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Mantido o mesmo ritmo de crescimento observado nos últimos dois anos, quando a quantidade de vagas abertas nas indústrias subiu de 103.302 (2009) para 113.727 (2010). Agora, o setor industrial deverá ultrapassar o setor da administração pública em 2014, saindo do atual 3º para o 2º lugar entre os setores que mais empregam em Mato Grosso do Sul. O contingente total está próximo a 152 mil trabalhadores ou 22% do total.

Enquanto a administração pública deverá contar com algo em torno de 144 mil trabalhadores ou 21%, sendo que em 1º permanecerá o setor de serviços, com 195 mil trabalhadores ou 28% do total de empregos formais existentes no estado.

O saldo total acumulado até abril no estado é de 576.889 postos formais de trabalho, indicando uma elevação equivalente a 3,83% sobre o estoque total verificado ao fim de 2010. Na mesma comparação, o estoque por setor econômico passou a ser de 147.591 postos formais de trabalho nos serviços, 133.992 empregos na administração pública, 121.612 na indústria, 108.326 no comércio e 65.368 na agropecuária.

“Os números demonstram o vigor do crescimento industrial em Mato Grosso do Sul, que apenas nos quatro primeiros meses deste ano já abriu 7.885 postos de trabalho, o que representa 49% do total de 16.100 novos empregos criados no ano”, avaliou o presidente da Fiems, Sérgio Longen.

Com o saldo de 1.572 empregos formais criados apenas no mês de abril, totalizando 121.612 postos até o momento, o setor industrial manteve a parcela de 21% dos 576.889 empregos formais existente no Estado, ficando atrás somente dos setores de serviços, com 26%, e da administração pública, com 23%.

Até o momento, segundo o Radar da Fiems, com o desempenho ocorrido ao longo de 2011, o setor em Mato Grosso do Sul tem registrado sucessivos recordes no estoque total de empregos formais: 121.612 em abril, 119.073 em março, 117.749 em fevereiro e 115.902 em janeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Alta do petróleo e valorização do dólar aliviam contas públicas
Economia
Cai 2,9 pontos em maio o Índice de Confiança do Consumidor
Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência

Mais Lidas

Cidade
Restaurante Bamboo Sushi é autuado por cobrança excessiva
Geral
Marginal usa OLX para aplicar golpe com WhatsApp de anunciante
Fim de Semana
Gasolina será vendida a R$ 2,50 em dois postos da capital neste sábado
Cidade
Feirão do Imposto terá gasolina a R$ 2,50