Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Economia

Em MS, criadores manejam o gado por causa das cheias

24 abril 2011 - 06h56Luis Henrique Correa - G1

Criadores de gado formam comitivas para tirar o rebanho das áreas alagadas e seguir para pastos secos.

Em Mato Grosso do Sul o som do berrante anuncia um dia de muito trabalho. A água já está chegando à sede da fazenda de Glaúdio Garcete. O pecuarista faz cria, recria e engorda no Pantanal do Nabileque. Ao todo são 2200 cabeças de gado, que aos poucos estão sendo removidas por causa da aproximação das águas.

Pelo caminho a travessia é difícil. É preciso ter calma. Alguns animais não resistem.

O trabalho continua no mangueiro, é hora de preparar a nova comitiva que vai levar os animais para um lugar seco onde ficam até o fim da cheia.

O Pantanal não para de encher e o fazendeiro não pode perder tempo. Por isso, separa o gado e faz uma viagem de 40 quilômetros até outra fazenda para terminar a engorda. Isso custa caro para o fazendeiro, o gado só volta depois de seis meses.

Os animais mais novos são divididos em lotes de terra onde a água ainda não chegou. Segundo as previsões, o pico de cheia no Pantanal deve ser atingido nesta semana.

Os peões que acompanham a comitiva ganham em média R$ 30 a diária. A viagem dura até duas semanas e como o esforço é grande, o gado perde peso no caminho. O calor é intenso e a mesma água que acaba com os pastos férteis, mata a sede.

A expectativa é que 2,4 milhões de cabeças sejam retiradas do Pantanal por causa da cheia.

Com informações do Globo Rural.

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência
Economia
Crédito emergencial para empresas será anunciado nesta quarta
Economia
Ações de cobrança são prorrogadas até 31 de julho pela Receita
Economia
Hoje tem pagamento do auxílio emergencial; veja se você recebe
Economia
Após anunciar prorrogação do Auxílio, Bolsonaro fala em harmonia entre Poderes

Mais Lidas

Geral
Jovem sul-mato-grossense precisa de R$ 90 mil para retirar tumor
Brasil
Instrutor e aluno estavam em helicóptero que caiu nesta tarde
Polícia
Policiais militares são presos por tráfico de drogas em Campo Grande
Educação
A partir de hoje, estudantes com Fies podem suspender parcelas