Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Exportações do agronegócio têm crescimento recorde de 22,6%

17 novembro 2011 - 10h31Arquivo

O agronegócio brasileiro registrou crescimento de 22,6% nas exportações de outubro em relação ao mesmo mês de 2010, passando de US$ 6,99 bilhões para US$ 8,58 bilhões. Com o resultado, o acumulado dos últimos 12 meses, de novembro de 2010 a outubro deste ano, alcançou o recorde de US$ 91,9 bilhões, valor 24,4% superior aos US$ 73,87 bilhões exportados no período anterior.

Na comparação entre outubro do ano passado e de 2011, as importações cresceram 9,4%, subindo de US$ 1,19 bilhão para US$ 1,31 bilhão. Entre os acumulados de 12 meses, as importações passaram de US$ 12,69 bilhões, registrados no período anterior, para US$ 16,76 bilhões, no período atual, com crescimento de 32,1%. Dessa forma, a balança comercial do agronegócio conseguiu superávit de US$ 7,27 bilhões em outubro e de US$ 75,13 bilhões na soma dos 12 meses passados.

As informações, elaboradas pela Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura a partir de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, destacam o complexo sucroalcooleiro como o principal exportador em outubro, com US$ 1,68 bilhão em produtos embarcados, representando 19,5% de todas as exportações do agronegócio.

O estudo informa que o valor subiu apesar da diminuição das quantidades vendidas, devido à alta dos preços no mercado internacional em aproximadamente 35%. Desse total, US$ 1,48 bilhão vieram das vendas de açúcar e US$ 201 milhões das de etanol.

Em seguida, entre os mais vendidos, aparecem os produtos do complexo soja, com US$ 1,39 bilhão; café, com US$ 885 milhões; e fibras e produtos têxteis, com US$ 421 milhões. Em relação a outubro de 2010, os principais destinos continuam sendo a China, com 14,3% de participação nas compras; os Estados Unidos, 8,4%; os Países Baixos, 6,5%; e o Japão, 4,4%. A Venezuela ultrapassou países como a Alemanha, Bélgica, Itália, o Reino Unido e a Rússia e ficou na quinta colocação, com US$ 312,1 milhões em produtos do agronegócio brasileiro adquiridos em outubro e 3,6% de participação na pauta.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência
Economia
Dólar segue em alta cotado a R$ 4,087
Economia
País colherá 50,92 milhões de sacas de café neste ano, prevê Conab

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações