Menu
Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Economia

Juros do cartão de crédito subiram para 455,1% em maio

A taxa de maio é a maior em mais de seis anos, desde março de 2017, quando atingiu 490% ao ano

28 junho 2023 - 16h27Yara Deckner, com CNN

O Banco Central informou nesta quarta-feira (28) que os juros cobrados pelos bancos no rotativo do cartão de crédito subiram para 455,1% em maio, contra 447,7% em suas estatísticas monetárias e de crédito. Há um ano, esta taxa estava em 368,8%, uma diferença de 86,3 pontos porcentuais. A taxa de maio é a maior em mais de seis anos, desde março de 2017, quando atingiu 490% ao ano.

Este tipo de juros é o mais caro do mercado financeiro em geral, é utilizado pelos usuários de cartão de crédito que não conseguem pagar a fatura por completo e optam por fazer o pagamento mínimo, o que gera juros sobre juros. O ministro Fernando Haddad vem se reunindo com banqueiros para buscar uma alternativa para a redução dos juros do rotativo.

A taxa média de juros cobrada nas operações de crédito para pessoas físicas chegou a 59,9% ao ano em maio, alta de 0,3 ponto ante a abril e de 9,5 pontos na comparação com maio de 2022. Destaque para o crédito pessoal, com taxa média de 24,8%, e o cheque especial, com 130,7% ao ano. No consignado, a taxa média foi de 25,8% em maio e de 28,1% para a compra de veículos.

Já nas operações para o segmento empresarial, o custo médio do crédito livre, que não inclui as operações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi de 23,8% ao ano em maio, mantendo-se estável no mês e crescendo 1,9 ponto em 12 meses. Nas operações totais de crédito com recursos livres, a taxa de juros alcançou 45,4% em maio, alta de 0,3 ponto no mês e de 7,4 pontos em 12 meses.

A taxa de juros das novas contratações alcançou 32,5% ao ano em maio, com incrementos de 0,4 ponto no mês e de 4,7 pontos em 12 meses. O spread bancário — que é a diferença entre o custo de captação de dinheiro dos bancos e o que eles cobram nas operações de crédito que oferecem — atingiu 22,3 pontos, alta de 0,5 ponto no mês e de 4,8 pontos ante maio de 2022.

O Indicador de Custo do Crédito (ICC), que mede o custo médio de todo o crédito do Sistema Financeiro Nacional, caiu para 22,4%, 0,1 ponto a menos que há um mês, mas alta de 2,3 pontos em 12 meses.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Receita Federal e novo modo na declaração de IR
Economia
Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2024
Bolsa Família realiza novos pagamentos neste mês
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 5 nesta sexta
Governo de MS e Senai lançam edital de R$ 10 milhões para incentivar a bioeconomia
Economia
Governo de MS e Senai lançam edital de R$ 10 milhões para incentivar a bioeconomia
Novo Bolsa Família
Economia
Caixa paga parcela do Bolsa Família para beneficiários de NIS final 4 nesta quinta
Novo Bolsa Família do Governo Federal
Economia
Beneficiários do NIS final 3 recebem parcela do Bolsa Família nesta quarta
Passeio pela Fazenda Estância Mimosa em Bonito MS
Economia
Projeção da CNC estima que turismo cresça 2,7% em 2024
Foto: Divulgação
Economia
Exportações de industrializados crescem 10% em 2024 em MS
Novo Bolsa Família
Economia
Beneficiários do NIS final 2 recebem parcela do Bolsa Família nesta terça
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco
Economia
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco
Pedágio da CCR MSVia na rodovia federal BR-163
Geral
CCR-MSVia reajusta tarifas de pedágio na BR-163 em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Cabo Almir e Sargento Santos do 10° Batalhão da Polícia Militar
Polícia
Policial morto estaria envolvido em esquema de tráfico e roubo junto com o sargento
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Polícia
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Cabo Almir e Sargento Santos do 10° Batalhão da Polícia Militar
Polícia
Policiais militares escoltavam caminhão roubado com drogas em Campo Grande
Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho