Menu
Menu
Busca sábado, 13 de abril de 2024
Economia

Justiça quer reduzir 20% das execuções fiscais

30 outubro 2011 - 05h41Divulgação

Os contribuintes com dívidas ajuizadas ou pagamentos em atraso com os tributos municipais já podem regularizar seus débitos com descontos de 75% em juros e multas no pagamento à vista.

A iniciativa faz parte do Programa Fique em Dia instituído pela prefeitura e que conta com a parceria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Esses contribuintes estão recebendo da prefeitura de Campo Grande um comunicado/boleto onde constam os detalhes do programa e as formas de pagamento.

O convênio com o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) tem como objetivo a cooperação entre as partes no sentido de permitir ao contribuinte em débito fiscal com o município ajuizado, a quitação da dívida e o recolhimento das custas processuais finais com desconto. A parceria faz parte de uma ação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de reduzir o número de processos que tramitam na Justiça. A partir da quitação dos débitos, será dada baixa ao processo junto ao Fórum.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de MS a meta é "reduzir até 20% dos acervos de execuções fiscais". O convênio também dará a oportunidade ao contribuinte que tem processo fiscal ajuizado contra si, de regularizar a situação junto a Fazenda Pública Municipal e poder Judiciário. O TJ informou que os órgãos ligados a ele também realizaram concessões, reduzindo o valor das custas processuais finais para incentivar o pagamento do débito ajuizado.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle (Seplanfic), Paulo Nahas, os comunicados foram encaminhados por correspondência a cerca de 65 mil contribuintes que estão em débito até 30 de setembro deste ano com o município.

Estão incIuídos no programa impostos como o IPTU, ISS e multas gerais (calçadas, por exemplo) inseridas no cadastro imobiliário. Para os débitos não ajuizados o pagamento à vista deverá ser feito até o dia 11 de novembro de 2011 e com débito ajuizado o prazo de quitação será até 22 de dezembro deste ano.

O índice de adimplência com os tributos municipais ultrapassou a marca de 80% a partir das campanhas de renegociação das dívidas que tiveram início em 2005.

"Estamos prestando um serviço ao contribuinte informando suas pendências com o município porque muitos nem sabem da existência delas e, ao mesmo tempo, proporcionando formas flexíveis de pagamento. Tudo isso vai garantir que em 2012 o IPTU esteja com o carnê azul com o desconto de 20% no pagamento à vista, ou 10% no parcelado", salientou Nahas.

Flexibilidade

Quem não optar pelo pagamento à vista terá condições de quitar o tributo em até 5 vezes, com 50% nos juros e multas. A flexibilidade do programa permite o pagamento da dívida em até 96 parcelas, dependendo do tipo do tributo e do seu valor.

Em caso de dúvida, o contribuinte que recebeu o comunicado pode se dirigir à Central de Atendimento ao Cidadão, na rua Cândido Mariano, 2.655 ou pelo telefone de plantão 156. O atendimento será feito de segunda-feira a sábado, no período de 7h30min às 17 horas.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Debate aconteceu no Ceará
Economia
MS participa de debate sobre política tributária estadual uniforme e questões federais
Na hora de abastecer, pesquisar é o melhor caminho
Economia
Pagar etanol ou gasolina aditivada no débito se torna melhor opção, aponta Procon
Dólar opera em alta
Economia
Dólar tem 3º alta consecutiva; moeda está cotada em R$ 5,12
Reunião aconteceu no estande da Fiems na Expogrande
Economia
Em reunião na Expogrande, conselho do FCO aprova R$ 148 milhões em recursos para MS
Setor de Serviços recua 0,9% após três meses de alta
Economia
Setor de Serviços recua 0,9% após três meses de alta
Secretários estaduais se reúnem para discutir aumento do ICMS em compras online
Economia
Secretários estaduais se reúnem para discutir aumento do ICMS em compras online
Bancos promovem mutirão de negociação financeira até 15 de abril
Economia
Bancos promovem mutirão de negociação financeira até 15 de abril
Governador durante evento nesta quarta-feira (10)
Economia
Expocanas 2024: Governo de MS reduz ICMS das sucroenergéticas para 1,8%
IBGE apresentou índices da inflação
Economia
Inflação para famílias com renda mais baixa fica em 0,19%
Alguns itens e produtos ficaram mais caro neste mês de março
Economia
Planos de saúde, tomate e cebola influenciam inflação de março

Mais Lidas

JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
Geral
JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Polícia
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Artistas confirmadas na Expogrande 2024
Comportamento
Expogrande 2024 divulga programação dos shows; confira as datas
Acidente congestionou rodovia
Polícia
AGORA: Grave acidente deixa pessoas mortas na BR-163, próximo a Anhanduí