Menu
Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2024
UEMS Pantanal Tech - Jun24
Economia

Nova carga deve elevar o preço dos combustíveis a partir desta terça-feira

Os combustíveis devem ficar mais caros neste mês devido à recomposição do ICMS

02 janeiro 2023 - 11h39Sarah Chaves e Taynara Menezes

Com a última mudança de valores na semana do Natal, alguns postos de combustível de Campo Grande podem ter mudança nos preços a partir desta segunda-feira (2).

Uma Medida instaurada em 2022 isenta os combustíveis de serem vendidos com a cobrança de Pis/Cofins. Ao tomar posse, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou a medida provisória (MP) mantendo o benefício sobre gasolina e etanol por 60 dias. De acordo com o governo, a desoneração do diesel foi prorrogada pelo prazo de um ano.

Na gasolina, por exemplo, isso representa um impacto de R$ 0,69 na bomba. A expectativa do governo é que a nova direção da Petrobras, mude a política de preços da estatal e reduza os valores.

Em Campo Grande, os valores variam de R$ 4,69 a R$ 4,99. No Posto de Gasolina ao lado do Camelódromo, foi encontrado o valor mais baixo, de acordo com o gerente, o preço subiu 10 centavos na semana passada. "Hoje chega carga nova e teremos um parâmetro se terá aumento ou não", declarou.

Já em um posto da rua 26 de Agosto com a Calógeras, a gasolina está a venda por R$ 4,79. "Desde o Natal está esse valor e chegou hoje a nota com a recarga e já veio um aumento e a partir de amanhã muda o preço", falou o gerente ao comentar que alguns postos já vendem o combustível por R$ 5, preço visto na 14 de Julho com a Fernando Corrêa.

Segundo o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), caso PIS/Cofins e Cide voltassem a ser cobrados, o acréscimo nas bombas poderia ser de R$ 0,69. O diesel e o etanol, por sua vez, subiriam R$ 0,33 e R$ 0,26, respectivamente.

Mesmo assim, os combustíveis devem ficar mais caros neste mês devido à recomposição do ICMS, que teve a sua alíquota limitada no governo Bolsonaro, a fim de controlar os preços pouco antes da eleição. Agora, com o retorno das alíquotas originais desse imposto estadual, o consumidor vai sentir que está pagando mais caro. Mato Grosso do Sul foi um dos estados que abaixou a alíquota do ICMS em julho de 2022, de 30% para 17%.

Além disso, o preço cobrado nos postos depende da cotação do dólar e do valor do petróleo no exterior, já que a Petrobras adota uma política de paridade internacional.

O Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro) afirmou ao JD1 que só irá falar sobre o assunto e o cenário dos combustível em MS após publicação da MP assinada por Lula.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pagamento do Bolsa Família é destinado a beneficiários do NIS final 6 nesta segunda
Economia
Pagamento do Bolsa Família é destinado a beneficiários do NIS final 6 nesta segunda
Receita Federal e novo modo na declaração de IR
Economia
Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2024
Bolsa Família realiza novos pagamentos neste mês
Economia
Parcela do Bolsa Família é paga para beneficiários de NIS final 5 nesta sexta
Governo de MS e Senai lançam edital de R$ 10 milhões para incentivar a bioeconomia
Economia
Governo de MS e Senai lançam edital de R$ 10 milhões para incentivar a bioeconomia
Novo Bolsa Família
Economia
Caixa paga parcela do Bolsa Família para beneficiários de NIS final 4 nesta quinta
Novo Bolsa Família do Governo Federal
Economia
Beneficiários do NIS final 3 recebem parcela do Bolsa Família nesta quarta
Passeio pela Fazenda Estância Mimosa em Bonito MS
Economia
Projeção da CNC estima que turismo cresça 2,7% em 2024
Foto: Divulgação
Economia
Exportações de industrializados crescem 10% em 2024 em MS
Novo Bolsa Família
Economia
Beneficiários do NIS final 2 recebem parcela do Bolsa Família nesta terça
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco
Economia
Longen apresenta demandas do setor industrial de MS para presidente de banco

Mais Lidas

Cabo Almir e Sargento Santos do 10° Batalhão da Polícia Militar
Polícia
Policial morto estaria envolvido em esquema de tráfico e roubo junto com o sargento
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Polícia
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Cabo Almir e Sargento Santos do 10° Batalhão da Polícia Militar
Polícia
Policiais militares escoltavam caminhão roubado com drogas em Campo Grande
Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho