Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Economia

Piso do trabalhador rural de MS tem reajuste de 10,7%

28 junho 2011 - 10h08Arquivo

O piso salarial do empregado rural de Mato Grosso do Sul terá reajuste de 10,7%. O percentual foi acertado ontem entre representantes da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do MS (Fetagri/MS), durante reunião na Casa Rural, sede da Famasul e Senar/MS.

Com o reajuste, o piso salarial do trabalhador rural passará dos atuais R$ 561,00 para R$ 621,00, valor que terá vigência de 1º de julho de 2011 a 30 de junho de 2012. Para os trabalhadores rurais que recebem acima de um e abaixo de dois salários mínimos estabelecido para a categoria (ou seja, entre R$ 561,00 R$ 1.122,00) o percentual de reajuste ficará em 7%. Acima de dois pisos salariais, o reajuste fica facultado a acerto entre empregado e empregador.

O presidente da Famasul, Eduardo Riedel, destacou que o aumento ficará acima da inflação do período e ressaltou o histórico de entendimento entre instituições representativas de empregados e empregadores da atividade rural no Estado. "A discussão salarial entre patrão e empregado é muito saudável. Ficamos satisfeitos que, mais uma vez, chegou-se a um termo de entendimento", avaliou.

O presidente da Fetagri, Geraldo Teixeira de Almeida, disse ao final da reunião que a Famasul reconhece a representação dos trabalhadores nas negociações. "São duas categorias que andam juntas: onde tem fazenda, tem trabalhador", mencionou. O termo aditivo que estabelece o novo piso salarial do empregado rural de Mato Grosso do Sul a partir de 1° de julho de 2011 está em processo de registro e homologação junto ao Ministério do Trabalho e Emprego.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Por medo da covid, Filipinas suspende importações de frango do Brasil
Economia
FGTS vai distribuir R$ 7,5 bi em lucros aos trabalhadores
Economia
Preços da gasolina e eletricidade impactaram inflação de julho
Economia
Confira quem pode sacar o FGTS emergencial nesta segunda
Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Economia
Caixa abre agências neste sábado para beneficiários do auxílio
Economia
Capital: Cesta básica teve alta em julho, diz Dieese
Economia
Associação Comercial não quer fechamento da capital por 14 dias
Economia
Ministério da Economia quer o fim da meia-entrada nos cinemas
Economia
Salário de servidores estaduais é pago nesta segunda

Mais Lidas

Justiça
STF anula demarcação da Fazenda Santa Alice
Geral
Funcionário do Detran testa positivo e alega omissão do órgão
Esportes
Vexame histórico: Bayern “enfia” 8 no Barça na Champions
Brasil
Vídeo: Casal aparece fazendo sexo em reunião virtual de vereadores