Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Economia

Socorro de R$ 175,5 milhões já está na conta do Estado

O valor corresponde aos R$ 702 milhões de recursos destinados ao MS

09 junho 2020 - 12h50Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Estado de  Mato Grosso do Sul recebe nesta terça-feira (9), a primeira parcela de R$ 175,5 milhões do repasse do socorro financeiro da União, aprovado no Congresso após 70 dias de tramitação e aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Desse total recebidos por Mato Grosso do Sul, R$ 20 milhões estão destinados ao combate do coronavírus. A lei que criou o auxílio prevê total de R$ 60,15 bilhões para estados e municípios enfrentarem os efeitos econômicos da pandemia.

MS irá receber R$ 1,16 bilhão dividido em repasses programados para junho (9) julho (13), agosto (12) e setembro (11).

O valor corresponde aos R$ 702 milhões de recursos destinados ao Estado, sendo R$ 461 milhões para as 79 prefeituras. Segundo comunicado do Tesouro Nacional, o socorro será sempre depositado nas contas que recebem os recursos dos fundos de Participação dos Estado (FPE) e de Participação dos Municípios (FPM).

O governador Reinaldo Azambuja, afirma o alívio de receber o aporte financeiro diante da pandemia.“O apoio chega em um momento crucial de paralisação das atividades econômicas e queda vertiginosa da arrecadação. O socorro não é o ideal, mas um alívio diante da pandemia que tem provocado mortes e prejuízos”, destacou ele acrescentando que a estimativa para este ano é de perda de R$ 1,2 bilhão nas contas do Estado. 

Segundo Reinaldo Azambuja, os valores depositados hoje serão utilizados no custeio da máquina e em ações emergenciais, ligados ao combate do coronavírus. “Estamos focados na pandemia e por isso mesmo precisamos atender demandas que vão surgindo no setor de saúde. Os R$ 20 milhões direcionados ao combate serão muito bem utilizados, mas ainda é um valor que precisa ser reforçado para continuarmos atendendo os 79 municípios”, finalizou o governador.

 

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
FGTS vai distribuir R$ 7,5 bi em lucros aos trabalhadores
Economia
Preços da gasolina e eletricidade impactaram inflação de julho
Economia
Confira quem pode sacar o FGTS emergencial nesta segunda
Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Economia
Caixa abre agências neste sábado para beneficiários do auxílio
Economia
Capital: Cesta básica teve alta em julho, diz Dieese
Economia
Associação Comercial não quer fechamento da capital por 14 dias
Economia
Ministério da Economia quer o fim da meia-entrada nos cinemas
Economia
Salário de servidores estaduais é pago nesta segunda
Economia
Receita prorroga suspensão das ações de cobrança até 31 de agosto

Mais Lidas

Geral
AO VIVO: MP fala sobre volta as aulas presenciais
Polícia
Ladrão não consegue furtar residência e morre eletrocutado ao tentar fugir
Saúde
"Nosso estoque é zero", diz ministro da Saúde sobre hidróxicloroquina
Saúde
Prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo e dois filhos estão com coronavírus