Menu
Busca terça, 23 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Educação

Além do curso de línguas, Uems traz modalidades de pesquisa cientifica

O Nel trouxe novidades com os cursos de introdução à semiótica e à pesquisa cientifica

05 fevereiro 2019 - 12h15Graziella Almeida com Assessoria

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e o Núcleo de Ensino de Linguas (NEL), abrem vagas para os cursos de inglês, espanhol, francês, latim, libras e tem novidades para esse semestre, os cursos de introdução à semiótica e à pesquisa cientifica.

Os cursos tem duração de 30 ou 45h por semestre, com custo único de R$ 280,00, fora o material didático. As aulas são realizadas no campus da Uems na capital e começam no dia 9 de março. As inscrições estão abertas e permanecem até o fechamento da turmas, que tem dedicação especial para adolescentes e terceira idade.

Para se inscrever, o interessado deve acessar o site www.uems.br/nel e imprimir o boleto de pagamento. Após realizar o pagamento, basta enviar o comprovante e a ficha de inscrição (disponível no link Inscrição) para nel.uems@gmail.com.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Estado cumpre acordo e mantém jornada seis horas na educação
Educação
Último dia de inscrições para servidores que querem trabalhar no Enem
Educação
Autoridades comparecem à abertura da 71° SBPC
Educação
Inicia neste domingo a 71° SBPC na UFMS
Educação
SBPC reúne 15 mil pessoas na capital
Educação
ProUni: Canditados na espera tem até dia 22 para comprovar informações
Educação
Professores desligados são “indicações políticas”, diz Marquinhos
Educação
Assistentes Educacionais Inclusivos substituirão professores, diz Prefeitura
Educação
Prefeitura tem mil vagas disponíveis para aulão pré-Enem
Educação
Desligamento de professores da educação especial preocupa pais

Mais Lidas

Justiça
Por unanimidade, Soraya perde ação na Justiça para suplente
Economia
Abono salarial começa a ser pago na quinta-feira; confira calendário
Geral
Homem chega ao sítio do pai e comete suicídio
Polícia
Pai arrecada R$ 1 mi para tratamento do filho e foge com valor