Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Aumento da pena para agressores de animais depende de Bolsonaro

Projeto prevê dois a cinco anos de prisão a quem maltratar cães e catos

10 setembro 2020 - 13h36Joilson Francelino, com informações da Agência Senado

O projeto que aumenta a pena para maus-tratos a cães e gatos, aprovado na Câmara no final do ano passado e, no Senado na sessão de quarta-feira (9), segue para sansão e depende, agora, do presidente Jair Bolsonaro para começar a valer.

Pela proposta, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. Hoje, a pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa — dentro do item que abrange todos os animais. O projeto altera a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para criar um item específico para cães e gatos, que são os animais domésticos mais comuns e principais vítimas desse tipo de crime.

O deputado Fred Costa (Patriota-MG), autor da proposição, acompanhou a votação da sala da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen), de onde são transmitidas as sessões remotas do Senado. Para o deputado, o projeto responde a um problema concreto da sociedade brasileira, que tem se revoltado a cada caso de violência com os animais.

 

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Está de volta a castração de felinos pelo CCZ
Geral
Denunciado por som alto, rapaz coloca fogo na casa do vizinho
Geral
Carlos Iglesias causa confusão em restaurante de São Paulo
Geral
"A grande culpa é de Sheiza", diz esteticista denunciada pela morte de estudante brasileira
Geral
Motociclista morre ao perder controle em curva e bater em árvore na praça do Preto Velho
Geral
Alguém viu o 'Spyke'? criança se frustra, ao perder seu amiguinho
Geral
Sexta-feira terá live de Gusttavo Lima e Daniel, Duda Beat e Nando Reis
Geral
Heber Xavier renuncia Santa Casa
Geral
Agehab deve entregar 352 apartamentos ainda este ano na capital
Geral
Live debaterá pandemia entre idosos

Mais Lidas

Geral
Está de volta a castração de felinos pelo CCZ
Política
Mais de meio milhão de candidatos inscritos para disputar as eleições 2020
Polícia
homem quebra mesa na cabeça da mulher e tenta impedir PM de atender o caso
Internacional
Acidente aéreo na Ucrânia deixa 26 mortos