Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Intervenção de senadoras pode evitar calote no “Minha Casa Minha Vida”

O repasse dos recursos está atrasado desde o ano passado

24 abril 2019 - 18h36Joilson Francelino, com informações da assessoria

As senadoras Simone Tebet (MDB-MS) e Soraya Thronicke (PSL-MS) reuniram-se com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, nesta quarta-feira (24) para solicitar o pagamento dos recursos em atraso do programa Minha Casa, Minha Vida, em Mato Grosso do Sul. Elas saíram do encontro com o compromisso dele de que o problema será resolvido o mais rápido possível.

A inadimplência do governo federal no repasse das verbas para o programa tem prejudicado a construção civil em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul, as obras foram contratadas em 2018. O repasse dos recursos está atrasado desde o final do ano passado.

“Saímos otimistas da reunião porque o presidente da CEF se comprometeu a dar prioridade para liberar esses recursos tão necessários à construção de casas populares. Estamos falando de duas mil famílias de baixa renda que aguardam por essas moradias. São, pelo menos, oito mil pessoas. Além do atraso nas obras e do risco de demissão de operários, há a possiblidade de aumento de custos quando as obras forem retomadas. Por isso, a urgência para que o problema seja resolvido”, disse a senadora Simone Tebet, que marcou a reunião com Pedro Guimarães.

O atraso no pagamento das medições diz respeito a 2.039 unidades habitacionais para famílias de baixa renda, cuja renda é de até R$ 1.800. O montante total dos recursos é de R$ 25 milhões.

Ampliação de recursos do FGTS Associativo

As senadoras também levaram a solicitação de ampliar os recursos para a contratação de empreendimentos do programa Carta de Crédito FGTS Associativo. A expectativa é de que sejam contratados 12 empreendimentos, num total de 473 casas. Para tanto, seria necessário que a Caixa destinasse R$ 40 milhões ao estado. A previsão atual para o Mato Grosso do Sul é de pouco mais de R$ 7 milhões.

A senadora Simone ainda informou que o presidente da CEF, Pedro Guimarães, deve ir ao Mato Grosso do Sul até julho para expor os novos projetos para investimento em habitação.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Inscrição para concorrer a moradia da Agehab encerra nesta terça-feira
Geral
Aprovados no concurso da Caixa em 2014 serão chamados a partir de junho
Geral
Compadre Washigton está internado após assalto
Geral
Onze pessoas morrem e uma fica ferida em chacina
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163
Geral
Ativistas pelos direitos humanos e LGBT são homenageados na capital
Geral
Após investigação, diretor de presídio é dispensado em Dourados
Geral
Reservatório no Distrito Federal chega a 100% de capacidade
Geral
Universidade leva serviços gratuitos à comunidade no próximo dia 25
Geral
CapacitaSUAS avança em MS e estado reforça pioneirismo na Assistência Social

Mais Lidas

Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163