Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Justiça

Toffoli derruba própria liminar do Dpvat

Decisão é imediata e novos valores iniciam nesta quinta

09 janeiro 2020 - 14h09Jônathas Padilha, com informações da Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli, decidiu voltar atrás e acolheu o pedido do governo para derrubar sua própria liminar que suspendia a Resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que reduzia os valores do seguro obrigatório Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat).

Na Tutela Provisória, o ministro escreveu. “Exerço o juízo de retratação e reconsidero a decisão liminar anteriormente proferida nesses autos”.

Ainda no pedido, a Advocacial-Geral da União (AGU), argumentou que “não era razoável a alegação da Seguradora Líder, consórcio de empresas que administra o seguro obrigatório, de que a redução dos valores torna o Dpvat economicamente inviável”.

Na nota AGU, falou sobre a omissão de informações. “omitiu a informação de que há disponível no fundo administrado pelo consórcio, atualmente, o valor total de R$ 8,9 bilhões, razão pela qual, mesmo que o excedente fosse extinto de imediato, ainda haveria recursos suficientes para cobrir as obrigações do Seguro Dpvat”.

A AGU também comunicou ao presidente do STF que o orçamento aprovado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) para as despesas do consórcio de seguradoras do Dpvat para o ano de 2020 houve uma supressão de R$ 20,3 milhões.

Essa nova decisão do STF tem efeito imediato e o calendário de pagamento do DPVAT tem início nesta quinta-feira (9). Na reconsideração do ministro, o preço pago pelo seguro cai em até 86% para os veículos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Nomeação de Alexandre Magno para comandar o MP sai amanhã
Justiça
Soraya perde no TSE e Rodolfo Nogueira é confirmado primeiro suplente
Justiça
TJ-MS doa R$ 1,5 milhão para ajudar no combate ao coronavírus em MS
Justiça
Alexandre Magno comandará MP em MS
Justiça
Igrejas que abrirem no final de semana pagarão multa de 50 mil
Justiça
Urgente - Justiça federal de SP proíbe cortes de telecomunicações, gás e água
Justiça
Homem terá que pagar 20 mil por postar fotos nuas de ex
Justiça
Prefeito tem bens bloqueados após distribuir cestas básicas em bairros pobres
Justiça
MP sofre derrota no TJ em ação para fechar igrejas
Justiça
Justiça condena seguradora e oficina a pagar R$ 27,3 mil à cliente

Mais Lidas

Polícia
Dois adolescentes de 14 anos esfaqueiam professor até a morte
Política
Câmara da capital aprova 6 planos de carreiras da Saúde
Política
Profissionais da Saúde receberão acompanhamento psicológico
Cidade
Camelódromo adota medidas de biossegurança para reabertura