Menu
Busca segunda, 11 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

MPMS denuncia suspeitos de assassinar servidora com barra de ferro

José Romero e Regiane Marcondes teriam dopado a vítima antes de matar

05 novembro 2019 - 13h15Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), por meio da Promotoria de Justiça de Porto Murtinho, ofereceu na última semana, uma denúncia contra José Romero e Regiane Marcondes Machado, suspeitos de assassinar a servidora pública municipal Nathália Alves Correa Baptista, de 27 anos, e de queimar o seu corpo, com a finalidade de ocultá-lo em julho deste ano.

De acordo com a denúncia do MP, na noite do dia 15 de julho de 2019, José Romero e Regiane Marcondes atraíram Nathália até a pousada administrada pelo suspeito, utilizado substância para deixar a vítima inconsciente e, em seguida, desferido golpe com uma barra de ferro na cabeça desta, como “prova de amor” a Regiane Marcondes, rival de Nathália.

O casal queimou o corpo de Nathália, o colchão onde ocorreu o crime e os pertences da vítima, bem como se desfez dos restos mortais, jogando-os no Rio Paraguai.

Na tentativa de apagar os vestígios do crime, José Romero teria lavado o local do delito e passado substância corrosiva no piso, bem como realizado pintura nas paredes, além de ter mandado cimentar o lugar em que o corpo da vítima foi queimado.

Com base nas apurações, o Ministério Público Estadual denunciou os suspeitos pela prática dos crimes de homicídio qualificado, que prevê pena de 12 a 30 anos de reclusão e multa, e de destruição de cadáver, com pena de 1 a 3 anos de reclusão e multa.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Desembargador Ruy Celso mantém milicianos presos
Justiça
Crianças terão espaço especial para testemunhar em tribunais
Justiça
Slimes com bórax é proibido no MS
Justiça
Defesa quer que Name Filho volte para a capital
Justiça
Em nota, Odilon diz que TRF-3 está “apenas verificando a regularidade”
Justiça
CCJ aprova PEC que torna feminicídio crime imprescritível
Justiça
Por 16 x 2, TRF-3 abre novo procedimento contra Odilon
Justiça
TJMS - Pedidos dos processos de execução penal devem ser feitos por e-mail
Justiça
Leitos de UTI no Hospital Regional devem ser ativados em até 30 dias
Justiça
Policial que matou colega por ciúmes tem prisão preventiva decretada

Mais Lidas

Polícia
Advogado é suspeito de roubo em restaurante da capital
Polícia
Pistoleiros matam pai e tio e deixam bebê baleado
Polícia
Assaltantes são presos após reação de vítima e perseguição
Polícia
Homem é alvejado dentro de casa a suspeito está foragido