Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Gilmar Mendes diz que vazamentos “anularam a condenação” de Lula

Em entrevista à "Época", ministro do STF afirma que conteúdo das mensagens impactou a Lava Jato

13 junho 2019 - 14h16Rauster Campitelli, com informações do Uol

As conversas vazadas, que envolvem o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o coordenador da força-tarefa da operação Lava Jato no MPF (Ministério Público Federal) no Paraná, procurador Deltan Dallagnol, podem anular a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do tríplex. A avaliação é do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), em entrevista à revista "Época".

O ministro disse acreditar que o conteúdo das mensagens mostra que elas tiveram impacto no andamento da Lava Jato. Em trecho das conversas divulgadas pelo The Intercept Brasil, Dallagnol disse que iria usar uma "notícia apócrifa" para fazer uma intimação na Lava Jato. Moro, então, responde: "melhor formalizar então". Gilmar Mendes considera a conduta um crime. “Simular uma denúncia não é só uma falta ética, isso é crime”, disse.

Na sua opinião, as conversas apontam que Moro seria o líder da força-tarefa. "O chefe da Lava Jato não era ninguém mais, ninguém menos do que Moro. O Dallagnol, está provado, é um bobinho. É um bobinho. Quem operava a Lava Jato era o Moro", aponta um trecho divulgado pela revista.

Ao site UOL, o Ministério da Justiça disse que as conversas são "supostas mensagens, que foram obtidas de forma criminosa". A pasta ressalta que a PF abriu investigação para apurar o caso. Quando as primeiras mensagens foram divulgadas, o ministro e o procurador disseram que não havia "anormalidade" nas conversas. A Lava Jato mantém o posicionamento de que elas não mostram "ilegalidade".

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Parecer da reforma da Previdência é bem recebido pelo mercado financeiro
Política
Nelsinho Trad é eleito presidente do PSD-MS
Política
“Governo é uma usina de crises", diz Rodrigo Maia
Política
Cabo Almi acredita em soltura de Lula e cancelamento da sentença
Política
Bolsonaro demitirá presidente dos Correios
Política
PSD discute planos para 2020 neste sábado
Política
Bolsonaro critica decisão do Senado de parar decreto de armas
Política
STF criminalizará homofobia como forma de racismo
Política
Santos Cruz cai e será substituído por outro general
Política
STF retoma julgamento sobre criminalização da homofobia e transfobia

Mais Lidas

Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Brasil
Vídeo – Motorista avança em manifestantes e atropela cinco
Geral
Vídeo - Ajude a encontrar a sanfona do “Tchê Gaúcho”