Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Política

Governador de Goiás diz que rompeu com Bolsonaro

A declaração de Caiado foi feita após pronunciamento do presidente que atacou governadores e prefeitos pelas ações de isolamento

25 março 2020 - 15h15Flávio Veras

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou nesta quarta-feira (25) que não tem mais diálogo com o governo do presidente Jair Bolsonaro.  Caiado foi o responsável pela indicação de Luiz Henrique Mandetta para o Ministério da Saúde.

Os dois são médicos formados pela mesma universidade. Caiado costuma brincar que Mandetta é seu calouro.

Caiado afirmou em rede social que falou por videoconferência com Bolsonaro, na manhã de ontem (24), em um clima excelente. Segundo Caiado, em nenhuma momento a conversa sobre a crise causada pela pandemia do novo coronavírus foi para o caminho de isolamento vertical e de exagero dos governadores.

No pronunciamento, fortemente criticado por políticos e entidades médicas, Bolsonaro voltou a minimizar a crise do novo coronavírus e deu declarações contrárias ao que autoridades de saúde têm alertado.
Caiado disse que as recomendações do presidente não alcançarão o estado de Goiás e, se for preciso, recorrerá ao Supremo e ao Congresso Nacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro foi alertado pela Abin sobre “necessidade de isolamento”
Política
Coronel David visita novo Comandante da PM e reafirma apoio às forças de segurança
Política
Mansour rebate fala de Bolsonaro que contraria exame da OAB
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa
Política
“Não faltará dinheiro”, afirma Simone sobre ajuda a estados e municípios
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro
Política
Assembleia reconhece mais três municípios em estado de calamidade pública
Política
Reinaldo entrega cestas básicas que beneficiarão 1,6 mil idosos
Política
“Pessoas do interior vem a capital para fugir do surto da pandemia”, diz Marquinhos
Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022

Mais Lidas

Polícia
No céuzinho, homem é encontrado morto com ferimento na cabeça
Geral
Mães menores de idade já podem pedir auxílio emergencial
Polícia
Após sobreviver a infarto, homem morre ao cair de telhado
Polícia
Corpo é encontrado no Céuzinho ao lado de uma corda