Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Política

MDB se diz solidário a André

Nota vem a público após Puccinelli sofrer condenação

11 maio 2021 - 17h43Matheus Rondon

Na tarde desta terça-feira (11), o partido do ex-governador André Puccinelli o MDB , informou por nota que vai recorrer da condenação por improbidade administrativa que suspendeu os direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

Puccinelli foi condenado por coagir funcionários comissionados nas eleições de 2012, fazendo promessas relacionadas a candidatura de Edson Giroto à prefeito de Campo Grande. Segundo o Ministério Público Federal, vídeos mostram André convocando reuniões para "coagir" votos.

De acordo com a nota à imprensa, a decisão proferida pela 1ª Vara Federal de Campo Grande, não torna o Ex-Governador André Puccinelli inelegível, pois existem recursos cabíveis que serão apresentados em momento oportuno.

"Tanto o MDB quanto o Ex-Governador confiam na justiça e que a verdade dos fatos prevalecerá com a sua consequente absolvição.  Estes fatos já foram apreciados por todas as instâncias da justiça eleitoral, sendo que em todas elas o ex-Governador foi absolvido destas acusações.", diz o documento.

 

 

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bolsonaro pede parecer para desobrigar uso de máscara por vacinados
Política
Mourão diz que Bolsonaro autorizou nova operação militar na Amazônia
Política
Grampo em Arroyo facilitou "explosão" no Tribunal de Contas
Política
CPI da Covid aprova quebra dos sigilos de Pazuello e Ernesto Araújo
Política
Simone é escolhida como coordenadora da Bancada de MS
Política
Para Riedel, gás natural vai ampliar competitividade
Política
Verruck reforça meta de tornar MS 'Estado Carbono Neutro' até 2030
Política
Azambuja autoriza pavimentação de duas rodovias estaduais
Política
Pesquisa mostra rejeição a Bolsonaro crescendo
Política
STF suspende despejos

Mais Lidas

Saúde
Adolescentes com 12 anos podem ser vacinados com Pfizer
Polícia
Homem sem identificação é encontrado morto em construção no Jardim Samambaia
Política
Grampo em Arroyo facilitou "explosão" no Tribunal de Contas
Geral
Ponte desaba na fronteira, mata duas pessoas e deixa uma desaparecida