Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Política

Moro defende apuração de 'circunstâncias anormais' da exoneração de Valeixo

À época, ex-ministro disse que não assinou, e medida foi republicada. Governo confirma versão de Moro.

25 maio 2020 - 17h54Flávio, com informações do G1

A defesa do ex-ministro da Justiça Sergio Moro divulgou uma nota nesta segunda-feira (25) na qual defendeu a apuração de "circunstâncias anormais" na publicação da exoneração de Maurício Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal.

Segundo reportagem do G1, a exoneração de Valeixo foi publicada em 24 de abril no "Diário Oficial da União" e continha as assinaturas de Moro e do presidente Jair Bolsonaro. No mesmo dia, porém, Moro disse que não assinou o documento. A exoneração foi republicada sem a assinatura de Moro, somente com as assinaturas de Bolsonaro e de outros ministros.

Mais cedo, nesta segunda, a Secretaria-Geral da Presidência enviou um ofício à Polícia Federal no qual confirmou a versão de Moro, informando que o então ministro não assinou a exoneração de Valeixo.

"A respeito do decreto de exoneração do ex-diretor-geral da Polícia Federal, dr. Maurício Valeixo, a defesa do ex-ministro Sérgio Moro informa que não houve coleta de assinaturas físicas nem eletrônicas de nenhuma das autoridades com atribuição para o ato. O ex-ministro não foi previamente consultado sobre a exoneração, com a qual, inclusive, ele não concordou. É preciso, portanto, a apuração das circunstâncias anormais envolvidas na publicação oficial", afirmou a defesa de Moro.

A exoneração de Valeixo levou Moro a pedir demissão do cargo de ministro. Na ocasião, afirmou que Bolsonaro havia tentado interferir na PF ao demitir Valeixo e ao cobrar a substituição do chefe da Polícia Federal no Rio de Janeiro, o que o presidente nega.

 

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Política
Movimento protesta contra Bolsonaro na Afonso Pena
Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Política
Na assembleia, Coronel David lamenta morte de PM
Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
Política
Câmara aprova adicional de 40% a trabalhadores do combate ao coronavírus
Política
Paulo Corrêa testa positivo para coronavírus
Política
Dourados fecha bares e academias por dez dias

Mais Lidas

Esportes
Conmebol anuncia retorno da Libertadores para 15 de setembro
Internacional
Filho de Naya Rivera diz que viu a mãe 'desaparecer' no lago
Geral
Famosa, naja que picou estudante ganha ensaio e vira meme na web
Polícia
Casal de adolescentes é acusado por furto de notebooks, videogames e veículos