Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Política

Nelsinho fala de planos de 500 milhões e diz que maior frustração foi perder sede da Copa

22 dezembro 2010 - 11h39João Garrigó
Em entrevista coletiva na manhã de hoje para um balanço sobre o ano, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) estabeleceu como meta deste mandato conquistar mais R$ 500 milhões junto ao governo federal para obras, principalmente as do PAC 2. Depois de acompanhar em Brasília a diplomação da presidente eleita Dilma Roussef (PT), Nelsinho diz que voltou confiante no “excelente relacionamento com o governo federal”. Essa parceria, segundo ele, já rendeu R$ 600 milhões em investimentos nos últimos sete anos. Em conversa com a presidente, o prefeito diz ter ouvido textualmente de Dilma: “Não vou esquecer o que você fez por mim e vou saber retribuir isso”, sobre o apoio dado à ela durante a campanha eleitoral. Nelsinho foi, dentro do PMDB, o maior “cabo-eleitoral” da petista em Campo Grande. Frustração - Sobre a política, Nelsinho revelou que a maior frustração dele até agora foi perder a disputa para Cuiabá em busca da Copa do Mundo. Ele lembra que a competição levará muitas obras para o Mato Grosso, o que pode tirar operários da Construção Civil de Campo Grande. Essa possibilidade preocupa , pela falta desse tipo de mão-de-obra na Capital. Para segurar os trabalhadores aqui, Nelsinho garante que não faltará obra e avisa sobre outra desvantagem: “lá é muito quente”. O prefeito afirma que a prioridade é terminar o segundo mandato no município, mas questionado se depois deve disputar o governo, Nelsinho desconversou e apenas citou uma frase recente do presidente Lula: “Estou vivo”. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa
Política
“Não faltará dinheiro”, afirma Simone sobre ajuda a estados e municípios
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro
Política
Assembleia reconhece mais três municípios em estado de calamidade pública
Política
Reinaldo entrega cestas básicas que beneficiarão 1,6 mil idosos
Política
“Pessoas do interior vem a capital para fugir do surto da pandemia”, diz Marquinhos
Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022
Política
"Fui gado, comi capim", diz deputado ex-bolsonarista
Política
Coronel David pede para PM intensificar ronda no Guanandi
Política
Fabio Trad sai em defesa de Bonner; “ataques contra a democracia são no varejo mais”

Mais Lidas

Polícia
Jovem é executado durante partida de futebol
Economia
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
Cidade
Prefeitura da capital realiza sorteio de apartamentos nesta sexta
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa