Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Política

Reunião entre prefeito e produtores de evento garante shows na Expogrande

01 março 2011 - 11h10
“A Expogrande vai ter shows”, disse otimista, nesta manhã, o empresário Pedro Paulo, da JPL3 Produções, empresa que organiza a grade de shows da Expogrande 2011. A afirmação é feita após reunião da classe de produtores de evento com o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), realizada ontem na Capital. Segundo Pedro Paulo, o encontro serviu para ajustar detalhes a cerca da realização dos shows, como horários. Uma das alternativas já discutidas pela classe era iniciar e terminar mais cedo as atrações musicais no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Questionado sobre a posição do chefe do executivo municipal em viabilizar as licenças ambientais para a realização de shows, o empresário garantiu: “o prefeito está conosco. Ele vai nos ajudar”, comentou. Nesta manhã, enquanto comparecia ao velório da ex-deputada estadual Celina Jallad, no saguão da Assembleia Legislativa, o prefeito de Campo Grande confirmou que houve a reunião ontem, porém, não quis dar mais detalhes. Entenda – Decisão do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), publicada no fim de janeiro, proibiu a realização de shows no Parque de Exposições Laucídio Coelho e comprometeu a grade de atrações musicais já definidas na Expogrande 2011. A programação cultural prevê início dos shows em 14 de abril. Entre as atrações, nomes como Luan Santana, Michel Teló, João Bosco e Vinícius, Bruno e Marrone, Restart, entre outros artistas. A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), que realiza a feira, disse que o investimento para os shows seria de R$ 2 milhões. De lá para cá, produtores de evento, políticos e empresários aderiram à discussão. E uma das alternativas discutidas seria a construção de uma arena de shows multiuso, ainda sem local definido em Campo Grande. O prefeito disse que o edital para alterar a lei de concessões municipais já foi publicado. Ele prevê que no próximo mês seja aberta a licitação para que as empresas apresentem projetos de construção do espaço. O secretário de Governo, Rodrigo Aquino, explica que o processo licitatório deverá definir como será feita a obra, se o dinheiro será investido pela prefeitura, ou se haverá concessão por tempo determinado ou ainda parceria público-privada. A utilização do estádio Morenão também entrou em debate. Fonte: CG News
Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Acesso livre à internet em órgãos públicos municipais agora é lei
Política
Bolsonaro diz ter “total confiança” em Guedes e afirma que o ministro irá continuar
Política
Saúde e segurança da Capital prontos para possível vendaval
Política
Pesquisa mostra intenção de votos e rejeição para eleição suplementar em Bandeirantes
Política
Simone e Fábio recebem prêmio em Brasília
Política
Quebra do teto de gastos faz equipe de Paulo Guedes se demitir
Política
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência
Política
Ministro anuncia novo Bolsa Família de R$ 400 a partir do próximo mês
Política
Veja a lista dos indiciados pela CPI da Pandemia
Política
MS terá CNH social

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge