Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Política

Romário contesta CBF e pede detalhes de contrato com Nike

12 março 2013 - 11h22José Cruz/Agência Brasil

Já um tradicional adversário da Confederação Brasileiro de Futebol (CBF), o deputado federal Romário (PSB-RJ) compareceu ao plenário da Câmara para novamente questionar a entidade. Nesta segunda-feira (11), o ex-jogador contestou a relação que a CBF possui com a Nike, fornecedora de material esportivo para a Seleção Brasileira.

O ex-centroavante citou a existência de notícias que falam sobre a insatisfação por parte do presidente José Maria Marin do atual contrato entre os parceiros. O caso foi relatado em reportagem do jornal O Globo no último sábado. Romário lembrou os altos valores que envolvem o acerto e pediu que a CBF venha a público com os detalhes do contrato.

"O que diz o contrato entre Confederação Brasileira de Futebol e Nike que não satisfaz o presidente José Maria Marin? Não estamos falando do apoio de uma empresa a um time de pelada. Estamos falando de uma empresa multinacional que explora espaço numa grande marca brasileira. Uma empresa que ainda se utiliza de símbolos nacionais como as cores da bandeira, o hino nacional e nosso maior patrimônio, os jogadores do futebol", questionou Romário.

O deputado deu números sobre a relação entre as duas partes. Segundo Romário, o contrato renderá à CBF entre 2011 e 2026, quando o acerto se encerra, um valor de US$ 568 milhões, cerca de R$ 1,110 bilhão. O ex-jogador estanha a insatisfação por conta das altas cifras envolvidas e insistiu que Marin demonstre transparência.

"Quero solicitar aqui em público para que a CBF se manifeste porque o presidente está tão insatisfeito. Em caso de negócios remunerados, quem se beneficia dessas comissões? Esses valores constam do balanço financeiro da CBF? Há um ano, quando assumiu a CBF, o senhor José Maria Marin veio à comissão e manifestei apoio. Sucedendo quem sucedeu, o presidente Marin tinha uma responsabilidade redobrada", afirmou Romário, aproveitando para alfinetar o ex-presidente Ricardo Teixeira.

"Passado um ano, ainda estou aguardado sinais de mudanças no rumo da CBF, principalmente da falta de transparência com a condução desse patrimônio nacional, que é a Seleção Brasileira. Portanto, volto a solicitar que a CBF traga à sociedade brasileira as informações que ela tem o direito de saber", encerrou o deputado.

Via Terra

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Com covid, Cabo Almi está com 50% dos pulmões comprometidos
Geral
Motoristas de aplicativo podem ser inclusos na vacinação contra covid-19
Política
Lira extingue comissão da Câmara sobre reforma tributária
Política
Pazuello entra em quarentena um dia antes de depor na CPI da Covid
Política
Após Itaipu, Marun vai para a Assembleia
Política
Ademir Santana volta à Câmara
Política
Júnior Mochi quer voltar para a Assembleia
Política
Deputado pede celeridade em concurso para peritos forense
Polícia
Covid - Morre o prefeito Edson Moraes de Miranda
Geral
Vídeo: Bolsonaristas fizeram ato neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio