Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Política

Teich critica retomada da economia e fala “em espera de um milagre”

Em seu artigo, o ex-ministro ainda expõe a fragilidade das ações que estão sendo tomadas no Brasil

08 julho 2020 - 14h29Flávio Veras

Avaliando o cenário da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, o ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, acredita que a flexibilização do isolamento social e a retomada da economia no país acontecem de "forma confusa". Em texto publicado no O Globo, o oncologista mostrou preocupação com a falta de coordenação central, dados e uma estratégia.

"O modelo atual para liberar a economia pode acabar em inúmeras idas e vindas, onde a mesma coisa é feita repetidas vezes na ilusão de que, em algum momento, vai funcionar. É quase a espera de um milagre", disse Teich.

Para o ex-ministro, são necessárias propostas mais eficientes para que a sociedade brasileira possa retornar a uma realidade que "amenize todas as perdas". Nesse contexto, Teich sugeriu que o Brasil precisa de um programa nacional de abordagem do distanciamento, coordenado pelo Ministério da Saúde.

 Na construção do projeto, o oncologista defende a necessidade de pesquisadores e epidemiologistas para encontrar as melhores estratégias. "Estamos correndo contra o tempo. Quanto mais longa a quarentena, mais difícil vai ser administrar as consequências do impacto da covid-19 na saúde, na economia e no comportamento das pessoas", considerou.

"Não sabemos como a Covid-19 vai evoluir, nem quanto tempo ela vai durar. Enquanto aguardamos a chegada de um medicamento ou de uma vacina que funcione, é crítico encontrar uma forma de sair da situação atual", completou.

Nelson Teich deixou o cargo no Ministério da Saúde em 15 de maio, após menos de um mês comandando a pasta. O médico oncologista substituiu Luiz Henrique Mandetta e também defendeu publicamente posições contrárias às do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
“Muita Tristeza, parece que caiu uma bomba atômica”, diz Nelsinho no Líbano
Política
Datafolha mostra melhora da avaliação de Bolsonaro
Política
Vereadores aprovam criação do Mapa da Violência na capital
Política
Assembleia reconhece calamidade pública em Dois Irmãos do Buriti
Política
Bico seco: “Vai aliviar o fígado”, brinca Marquinhos
Política
Prefeitura republica decreto e antecipa “bico seco” para amanhã
Política
Decretado: “bico seco” começa a valer a partir de quinta na capital
Política
Marquinhos sanciona Lei que define serviços como atividades essenciais
Política
Capital: Câmara aprova prorrogação do Refis para setembro
Política
Assembleia aprova adicional a contratados do Sistema Penitenciário

Mais Lidas

Economia
Por medo da covid, Filipinas suspendem importações de frango do Brasil
Geral
Rotary Club Cidade dos Ipês promove a 1ª Feijoada em sistema drive thru
Saúde
Campo Grande melhora avaliação na pandemia
Geral
Campanha arrecada as primeiras 1 mil bolsas de sangue na capital