Menu
Menu
Busca sexta, 21 de junho de 2024
TJMS - Jun24
Brasil

Anomalia magnética que passa pelo Brasil segue crescendo, aponta relatório

Ela está se aprofundando e se movendo para o oeste em 5%

25 maio 2024 - 17h33Carla Andréa, com CNN

Uma anomalia magnética no Oceano Atlântico Sul está crescendo, e ela passa por uma faixa territorial que abrange o sul e o sudeste do Brasil.

Segundo relatório do governo dos Estados Unidos, ela se chama Anomalia Magnética do Atlântico Sul (AMAS), e está em um local no Atlântico Sul em que a chamada magnetosfera - que é um campo magnético que circunda o nosso planeta e controla os processos eletrodinâmicos da atmosfera ionizadas e de plasmas - é mais fraca.

A anomalia está se aprofundando e se movendo para o oeste e aumentou cerca de 5%. As informações coletadas ainda detalharam que ela pode ocasionar diversos impactos, que vão desde danos potenciais aos satélites devido à radiação excessiva, até a obstrução da propagação das ondas de rádio.

Devido ao crescimento da AMAS em relação à proximidade com a América do Sul, houve defasagem da proteção magnética da Terra localizada nesta região, mais especificamente no Sul e Sudeste do Brasil, até a faixa que se estende à África.

A AMAS está sendo acompanhada por diversas agências governamentais internacionais que compõem o World Magnetic Model (WMM). E é monitorada por agências espaciais como a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA), e mais recentemente pelo Brasil, que lançou ao espaço o nanossatélite NanosatC-BR2 com esta missão.

”As agências espaciais têm interesse na anomalia, porque como essa região tem um campo mais enfraquecido, as partículas do vento solar adentram nessa região com mais facilidade, o fluxo de partículas carregadas que passam por aquela região é muito mais intenso”, explicou o doutor em Física e pesquisador do Observatório Nacional, Marcel Nogueira.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Programa Celular Seguro
Brasil
'Celular Seguro' recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
Polícia Federal esteve nas ruas em mais uma ação
Polícia
PF deflagra operação 'Churrascada' contra venda de sentenças no TJSP
M3nin0 tem p3it0 atr4vess4d0 por b4rra de ferr0
Brasil
M3nin0 tem p3it0 atr4vess4d0 por b4rra de ferr0
Casos de Dengue no Brasil
Brasil
Brasil já soma quase 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024
Nova Medida Provisória autoriza construção de 12 mil casas no Rio Grande do Sul
Brasil
Nova Medida Provisória autoriza construção de 12 mil casas no Rio Grande do Sul
Denúncia é contra os irmãos Brazão e o ex-chefe da Polícia Civil, Rivaldo Barbosa
Justiça
Supremo julga nesta terça-feira denúncia do caso Marielle
Lorenzo faleceu durante a segunda-feira
Brasil
Piloto de 9 anos morre durante treino para corrida em Interlagos
Rafael Wolfgramm Dias era sargento do BOPE
Brasil
Morre outro PM ferido em operação no Complexo da Maré, no Rio
STF; justiça
Justiça
Inelegibilidade de gestores com contas rejeitadas pelo Legislativo será decidida pelo STF
DERF deu orientações sobre como evitar furtos
Brasil
DERF é homenageada na Câmara Federal por prender ladrão de farmácias na Capital

Mais Lidas

Breno Souza Firmino, de apenas 16 anos, atuava como volante na equipe SUB-17 da Portuguesa
Polícia
Adolescente de time de MS morre na Capital
Leonildo Herrero atuou por 38 anos na Santa Casa da Capital
Geral
Morre o médico Leonildo Herrero
Antes e depois do entorno no empreendimento
Cidade
'Cracolândia' da região da Antiga Rodoviária ganha empreendimento privado
JD1TV AGORA: Antiga fábrica da Frutilla pega fogo em Campo Grande
Polícia
JD1TV AGORA: Antiga fábrica da Frutilla pega fogo em Campo Grande