Menu
Menu
Busca quarta, 29 de maio de 2024
Secovi
Brasil

Bolsonarista queria explodir bomba no aeroporto de Brasília

Objetivo do empresário de 54 anos era "chamar atenção" a favor de movimento golpista

25 dezembro 2022 - 09h16Sarah Chaves, com informações do Correio Braziliense    atualizado em 25/12/2022 às 09h37

Após um explosivo ser deixado próximo ao Aeroporto de Brasília nesse sábado (24), a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu o dono do artefato, um bolsonarista de 54 anos que tinha o objetivo de “chamar atenção para o movimento a favor do atual presidente Jair Bolsonaro”.

Informação foi confirmada pelo diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal, Robson Cândido, que garante que o bolsonarista preso na noite deste sábado, quase cometeu "uma tragédia jamais vista na capital do país". O homem tentou explodir uma bomba na área do Aeroporto de Brasília.

O material explosivo foi encontrado dentro de uma caixa por funcionários da Inframérica por volta de 7h45. A Polícia Militar do Distrito Federal chegou às 11h55 e levou pouco mais de uma hora para desarmar o explosivo e deixar o local. "Se esse material adentrasse o Aeroporto de Brasília, próximo a um avião com 200 pessoas, seria uma tragédia aqui dentro de Brasília, jamais vista, seria motivo de vários noticiários internacionais, mas nós conseguimos interceptar", disse o diretor-geral da PCDF, Robson Cândido.

O bolsonarista é um empresário do Pará que estava em Brasília para participar dos atos na porta do Quartel General do Exército. Ele foi preso por investigadores da 10ª Delegacia de Polícia na noite de sábado, no apartamento onde mora no Sudoeste. Junto dele, foram apreendidos um fuzil, duas espingardas, revolveres, mais de 1 mil munições e artefatos explosivos. Tudo foi apreendido, por estar fora das normas. 

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Previdência Social
Justiça
STF vai decidir sobre pagamento integral de aposentadoria por doença incurável
Empresas vão doar 2 milhões de quilos de carne ao RS, anuncia Lula
Brasil
Empresas vão doar 2 milhões de quilos de carne ao RS, anuncia Lula
Alexandre de Moraes
Brasil
Recursos de delações e condenações devem ser destinados pela União, diz STF
Anomalia Magnética do Atlântico Sul (AMAS)
Brasil
Anomalia magnética que passa pelo Brasil segue crescendo, aponta relatório
Base aérea de Canoas
Brasil
Base Aérea de Canoas recebe voos comerciais a partir de segunda-feira
Trinta e oito animais que seriam vendidos na loja foram encontrados sem vida
Brasil
Cobasi é investigada por deixar animais morrerem afogados no Rio Grande do Sul
Foto: Mario Agra / Câmara dos Deputados
Brasil
Banco Central libera lote de moedas comemorativas de R$ 5
Do total de débitos, R$ 86.995,69 são referentes a multas, e R$ 14.604,57, a notificações por autuações
Brasil
Carro com mais de R$ 100 mil em débitos e 648 infrações é apreendido pelo Detran-DF
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções
Foto: Getty Images
Brasil
Autorizado crédito extraordinário de R$ 1,8 bi para o Rio Grande do Sul

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal