Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Brasil

Cinco pessoas são indiciadas por queda de helicóptero que matou filho de Alckmin

07 dezembro 2016 - 17h51Agência Brasil

A Polícia Civil de São Paulo indiciou cinco pessoas no inquérito que investiga a queda de helicóptero em Carapicuíba (SP), que matou cinco pessoas, dentre elas Thomaz Rodrigues Alckmin, filho do governador paulista Geraldo Alckmin, em abril de 2015. Também morreram o piloto Carlos Haroldo Gonçalves e os mecânicos Paulo Moraes, Erick Martinho e Leandro Souza.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou hoje (7), o inquérito foi finalizado e entregue à Justiça em 25 de novembro. Foram indiciadas três pessoas por homicídio culposo, uma por fraude processual e uma por falso testemunho. O Ministério Público informou que já recebeu o inquérito e que irá avaliar o resultado das investigações da Polícia Civil para decidir se oferece denúncia contra os investigados.

Em nota, a empresa Helipark, proprietária do helicóptero, disse que o relatório do inquérito policial baseia-se na premissa de que a aeronave decolou com um componente desconectado que era imprescindível ao voo . “Essa hipótese é absurda do ponto de vista técnico, sendo equivalente a imaginar-se dirigir um automóvel com a barra de direção solta. Tratando-se de um helicóptero, o mero acionamento dos motores provocaria o tombamento lateral da aeronave ainda na pista. Os fatos levantados no inquérito foram questionados por especialistas e comandantes de helicópteros. No entanto, essas manifestações não foram sequer consideradas pela autoridade policial”, diz o texto da nota divulgada hoje.

Em junho, a Aeronáutica informou que as investigações mostraram que dois controles fundamentais estavam desconectados no helicóptero PP-LLS, que caiu no dia 2 de abril, em Carapicuíba, zona oeste da Grande São Paulo. “Controles flexíveis (ball type) e alavancas (bellcranck) – dois componentes fundamentais para o piloto controlar a aeronave em voo – estavam desconectados antes da decolagem”, informou em nota.

Além disso, segundo a Aeronáutica, as evidências mostraram que o comandante pilotou o helicóptero durante todo o período do voo, e que os danos encontrados nos motores, transmissão principal e de cauda, pás do rotor principal e de cauda e demais componentes foram consequências do acidente e não deram causa à queda.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voa Brasil: Programa para venda de passagens a R$200 deve ser lançado em junho
Brasil
Voa Brasil: Programa para venda de passagens a R$200 deve ser lançado em junho
Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Foto: China/Daily/Reuters
Brasil
Empresas do setor siderúrgico querem investir R$ 100 bi no Brasil até 2028
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Exército reduz armamento de militares
Brasil
Exército reduz número de armas que policiais, bombeiros e membros do GSI podem adquirir
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras
Justiça
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras
Enchentes no RS
Brasil
Governo do RS começa a pagar benefícios às vítimas das enchentes nesta sexta
JD1TV: Bombeiros do MS salvam égua que estava presa há 10 dias em apartamento no RS
Brasil
JD1TV: Bombeiros do MS salvam égua que estava presa há 10 dias em apartamento no RS
Confederação Nacional de Municípios estima prejuízos de R$ 9,5 bilhões no RS
Brasil
Confederação Nacional de Municípios estima prejuízos de R$ 9,5 bilhões no RS
Foto: MP
Brasil
Saque do FGTS sem documentação poderá ser feito em algumas cidades; entenda

Mais Lidas

Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Vítima estava em uma área de mata
Polícia
AGORA: Mulher é encontrada morta com vários ferimentos no corpo no Los Angeles