Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Comercial apresenta elenco e comissão técnica

09 janeiro 2012 - 17h24João Garrigó

O Esporte Clube Comercia, clube de futebol de Campo Grande, apresentou na manhã de hoje (9), o elenco e a comissão técnica para a temporada de 2012, que inicia a disputa do Campeonato Estadual em fevereiro. Segundo informações do presidente do clube, Carlos Alberto Assis, a diretoria ainda busca o reforço de um zagueiro e um meia, mas três reforços podem chegar do futebol mexicano.

A equipe, que será comandada pelo técnico André Souto, que passou por clubes como Botafogo, Atlético-MG e Sport, terá entre 28 a 30 atletas.

Vinte e seis deles foram apresentados hoje no evento que contou com a presença de torcedores.

A aposta da diretoria é mesclar jovens com atletas mais rodados, como o meia Jean Carlo, que integrou o grupo no ano passado, de 40 anos, bem como o volante Edmilson Dubinha, que retorna ao clube.

“A expectativa é ser campeão. Quase chegamos na temporada passada. O grupo deste ano é mais forte”, disse, explicando que, apesar da idade, vai jogar enquanto estiver se sentindo bem fisicamente.

Já Dubinha comentou estar feliz em retornar ao Comercial. “Espero ajudar o time da melhor forma possível e ajudar o clube a crescer”, afirma.

O grupo também tem atletas bastante jovens com o atacante Andrézinho, de 17 anos, apelidado de “Neymarzinho” pelo penteado igual ao do atleta do Peixe. O atacante Roberto, de 19 anos, o lateral esquerdo Alex, da mesma idade, são outros jovens do elenco, que tem média de 25 anos.

O técnico André Souto assegurou que ainda não tem um esquema tático desenhado para o clube e que terá quatro semanas de treinamento para as definições.

Ele disse que aceitou o convite do Comercial, após ter passado pelos grandes centros do futebol no País, por conta do projeto. E que chamou atenção dele ao chegar em Campo Grande o fato dos torcedores não demonstrarem interesse no esporte em Mato Grosso do Sul.

Carlos Alberto Assis comentou em entrevista que o planejamento do Comercial é conquistar o título do Campeonato Estadual, chegar à Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro e, a longo prazo, conseguir vaga na Segundona do Nacional.

O presidente colorado aproveitou para fazer o que chamou de desabafo. Ele afirmou ser muito difícil estar no futebol profissional no Estado e que está cansado das críticas.

“Precisamos de pessoas que ajudem o Comercial. Empresários, torcedores, campo-grandenses, cada um pode fazer um pouco. Coloquei no ano passado meu cargo à disposição para ver se alguém mais competente ou capaz aparecia. Ninguém foi”, declarou. “O único problema da minha vida é o Comercial, mas não quero ver meu time afundar e em minhas mãos”, completou.

Assis também revelou que o novo uniforme do time será apresentado no mês que vem e que ainda faltam cota de patrocínios. Ele anunciou ainda que vai implantar o programa sócio-torcedor no clube a partir do mês que vem. Em uma cota, intitulada de master, dez torcedores vão contribuir com valores que ajudarão no pagamento dos jogadores. A outra terá doações a partir de R$ 50.

Estreia
Sobre a primeira partida do Comercial no Estadual no dia 11 de fevereiro contra o Cene, a diretoria do Colorado deve fazer uma proposta ainda hoje ao Furacão Amarelo para mudar o mando de campo para o estádio Olho do Furacão.

A partida deveria ocorrer no Morenão, mando comercialino, no entanto, o estádio só deve ter a reforma do gramado completa em março.

Caso o confronto não seja no estádio do Cene, a alternativa é o Jacques da Luz, no bairro das Moreninhas. "Mandar o jogo fora de Campo Grande está descartado", informou Carlos Alberto Assis
 

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
STF disciplina fornecimento pelo SUS de remédio sem registro
Brasil
STF começa a julgar fornecimento de remédios de alto custo pelo SUS
Brasil
Governo está reavaliando decreto de armas, diz porta-voz
Brasil
Bolsonaro não vai à manifestação de domingo e manda ministros se afastarem
Brasil
Toffoli defende que reformas devem "enxugar" a Constituição
Brasil
Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio da Alvorada
Brasil
Ruptura iminente faz Vale paralisar ferrovia
Brasil
“Juízes devem zelar para que pactos sejam cumpridos", diz Toffoli
Brasil
Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais
Brasil
Mega acumula e pode pagar R$ 12 mi no próximo sorteio

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas