Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Brasil

Equipe de Lula se reúne para discutir orçamento do Auxílio Brasil

A proposta de orçamento para 2023, do atual governo prevê um benefício médio de R$ 405

03 novembro 2022 - 10h10Sarah Chaves, com informações do G1    atualizado em 03/11/2022 às 10h30

Está prevista uma reunião nesta quinta-feira (3) entre Geraldo Alckmin, vice-presidente eleito de Lula e coordenador da equipe de transição, e o senador eleito Wellington Dias (PT-PI), coordenador de Orçamento da campanha, com o relator do Orçamento, senador Marcelo Castro para lidar com os reajustes orçamentários.

Prioridade da nova gestão, a manutenção do auxílio para a população carente em R$ 600 em 2023 é um dos temas a serem debatidos. Até o momento, esse valor não está assegurado.

A proposta de orçamento para 2023, encaminhada em agosto ao Congresso Nacional pela área econômica do presidente Jair Bolsonaro, prevê um benefício médio de R$ 405.

Durante sua campanha, Lula prometeu, ainda, um valor adicional de R$ 150 por criança de até seis anos. A ideia é retomar o antigo Bolsa Família, revogado por Bolsonaro.

Em seu primeiro discurso como presidente eleito, Lula afirmou que o combate à fome e à miséria é o "compromisso número 1" do governo.

De acordo com especialistas ouvidos pelo g1 e pela TV Globo, ao menos R$ 175,2 bilhões serão alvo de negociação e barganha no orçamento. Esse valor engloba pontos ainda incertos no texto e propostas defendidas por Lula.

A manutenção do auxílio para a população carente em R$ 600 no próximo ano, assim como o reajuste real do salário mínimo (acima da inflação) e o aumento do salário de servidores, entre outros, enfrentam dificuldades maiores pois representam novas despesas. Por isso, exigirão ajuste nas regras fiscais. O problema, entretanto, é a falta de espaço no orçamento. Diante da regra do teto de gastos a estimativa para os chamados "gastos livres" do governo já está baixa em 2023.

Por conta da falta de espaço orçamentário, relatório divulgado em setembro pela Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão ligado ao Senado Federal, já apontava a necessidade de ajuste nas regras fiscais do país para manter o benefício em R$ 600 em 2023.

Segundo avaliação das consultorias de Orçamento da Câmara dos Deputados e do Senado, se nada for feito, o progressivo aumento das despesas obrigatórias, associado às restrições impostas pela regra do teto de gastos, tendem a levar a uma "inviabilidade administrativa e política" nos próximos anos, afetando o mandato do presidente eleito.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Do total de débitos, R$ 86.995,69 são referentes a multas, e R$ 14.604,57, a notificações por autuações
Brasil
Carro com mais de R$ 100 mil em débitos e 648 infrações é apreendido pelo Detran-DF
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções
Foto: Getty Images
Brasil
Autorizado crédito extraordinário de R$ 1,8 bi para o Rio Grande do Sul
Ministra Cármen Lúcia
Brasil
STF proíbe desqualificar mulheres vítimas de abuso sexual durante investigações
Voa Brasil: Programa para venda de passagens a R$200 deve ser lançado em junho
Brasil
Voa Brasil: Programa para venda de passagens a R$200 deve ser lançado em junho
Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Foto: China/Daily/Reuters
Brasil
Empresas do setor siderúrgico querem investir R$ 100 bi no Brasil até 2028
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Exército reduz armamento de militares
Brasil
Exército reduz número de armas que policiais, bombeiros e membros do GSI podem adquirir
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras
Justiça
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil