Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Brasil

Grupo indígena de MS junta o português e o guarani para fazer rap

07 janeiro 2012 - 12h36

"Pesquisamos palavras em duas línguas para rimar”, explica Bruno Veron, quando fala sobre o processo de criação das músicas do grupo de rap indígena Brô MC's, de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, que misturam o guarani e o português. Segundo ele, mesmo alfabetizados na língua nativa, as aulas regulares de guarani na escola também ajudam na hora de rimar com o português.

A inspiração, segundo o grupo, vem do dia a dia da aldeia Jaguapiru Bororó. “São experiências que vivemos e vimos acontecer também”, afirma Veron. Sobre o preconceito contra indígenas, Bruno explica que todos do conjunto já sofreram, mas depois que começaram a cantar diminuiu.

Segundo o produtor do Brô MC's, Higor Lobo, o grupo já tem compromissos marcados para o ano de 2012. “Existem apresentações praticamente confirmadas até o meio do ano”, disse. Para Veron se apresentar fora de Mato Grosso do Sul é uma grande oportunidade. “Estamos muito animados. É uma oportunidade de mostrar o nosso trabalho e o que é a realidade da reserva”.

Formado por Clemerson Batista, Kelvin Peixoto e Charlie Peixoto, além de Bruno Veron, o grupo, criado em 2009, deve lançar seu segundo álbum no próximo mês, inclusive com participação de outros rappers.
 

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Temer fica calado durante interrogatório
Brasil
Para “evitar traições”, deputado propõe levar cônjuges para Brasília
Brasil
Apenas uma das vítimas de massacre permanece internada
Brasil
Vale é acusada de atrasar repasses às vítimas
Brasil
Bolsonaro se reúne com seis presidentes sul-americanos
Brasil
Temer já está na Polícia Federal, no Rio
Brasil
“Indevida, equivocada e inconsequente”, diz Marun sobre prisão de Temer
Brasil
Mourão lamenta prisão de Temer
Brasil
“Amizade” entre Temer e Coronel Lima é um dos motivos da prisão de ex-presidente; Conheça a decisão
Brasil
Ex-presidente Temer é preso

Mais Lidas

Oportunidade
JBS tem 30 vagas em Campo Grande
Polícia
Adolescentes desaparecidas são encontradas em SP
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Opinião
Contemporaneidade ou pré-julgamento?