Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Brasil

Justiça bloqueia R$ 6,5 milhões de acusados de financiar ataques

Medida foi a pedido da Advocacia Geral da União

13 janeiro 2023 - 06h50Vinicius Costa

O juiz federal Francisco Alexandre Ribeiro decidiu na noite de quinta-feira (12) aceitar o pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para bloqueio de bens de 52 pessoas físicas e sete jurídicas acusadas de envolvimento nos atos antidemocráticos que culminaram na invasão e depredação das sedes dos Três Poderes em Brasília, no domingo (8).

O total bloqueado chega a R$ 6,5 milhões e representa o valor apurado até o momento dos prejuízos. 

De acordo com a AGU, os alvos são responsáveis por pagar o fretamento de ônibus para levar a Brasília pessoas inconformadas com o resultado das eleições de 2022 que cometeram atos de vandalismo contra Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal. 

Na decisão, o magistrado acolheu a tese da advocacia e entendeu que os investigados devem ter os bens bloqueados diante da acusação de financiar os ataques. 

“Ainda que os referidos réus, aparentemente, não tenham participado diretamente dos mais recentes atos e manifestações antidemocráticas, incluindo o inusitado acampamento em frente ao Quartel General em Brasília - que culminaram na marcha dominical à Praça dos Três Poderes e na anunciada tomada das respectivas sedes oficiais, cujas instalações foram covardemente depredadas -, é absolutamente plausível a tese da União de que eles, por terem financiado o transporte de milhares de manifestantes que participaram dos eventos ilícitos, fretando dezenas de ônibus interestaduais, concorreram para a consecução dos vultosos danos ao patrimônio público, sendo passíveis, portanto, da bastante responsabilização civil”, argumentou o magistrado. 

A petição com a lista completa de pessoas físicas e jurídicas listadas é pública e pode ser encontrada no site da AGU. 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Foto: China/Daily/Reuters
Brasil
Empresas do setor siderúrgico querem investir R$ 100 bi no Brasil até 2028
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Exército reduz armamento de militares
Brasil
Exército reduz número de armas que policiais, bombeiros e membros do GSI podem adquirir
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras
Justiça
Justiça autoriza empresa rastrear celular de funcionário para comprovar horas extras
Enchentes no RS
Brasil
Governo do RS começa a pagar benefícios às vítimas das enchentes nesta sexta
JD1TV: Bombeiros do MS salvam égua que estava presa há 10 dias em apartamento no RS
Brasil
JD1TV: Bombeiros do MS salvam égua que estava presa há 10 dias em apartamento no RS
Confederação Nacional de Municípios estima prejuízos de R$ 9,5 bilhões no RS
Brasil
Confederação Nacional de Municípios estima prejuízos de R$ 9,5 bilhões no RS
Foto: MP
Brasil
Saque do FGTS sem documentação poderá ser feito em algumas cidades; entenda
O apoio financeiro consiste no pagamento de parcela única no valor de R$ 5.100 às famílias atingida
Brasil
MP do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Mais Lidas

Francisco Jr. foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde
Polícia
JD1TV: Moto de influenciador da Capital explode em acidente na BR-060, em Sidrolândia
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Vereador Lívio Leite
Justiça
Vaga de Claudinho Serra na Câmara será de Dr. Lívio