Menu
Menu
Busca sábado, 13 de abril de 2024
Brasil

Ministro condena falas de Lula e diz que ele é 'persona non grata' em Israel

Katz afirmou que Israel não vai perdoar, enquanto presidente não se desculpar

19 fevereiro 2024 - 11h11Sarah Chaves, com informações do Correio Braziliense e Agência Brasil    atualizado em 19/02/2024 às 11h22

Após declaração do presidente Lula sobre mortes de civiz em Gaza, o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, criticou o presidente e disse na manhã desta segunda-feira (19) que fala do chefe do Executivo brasileiro, foi "uma desgraça, uma vergonha e severamente antissemita".

Ontem (18), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que a fala de Lula equivale a “cruzar uma linha vermelha”. “As palavras do presidente do Brasil são vergonhosas e graves. Trata-se de banalizar o holocausto e de tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender”.

Já Katz afirmou que Israel não vai perdoar e nem esquecer a declaração e que Lula é “personalidade indesejável em Israel até que ele peça desculpas e se retrate de suas palavras”. “Desejo transmitir ao presidente em meu nome e em nome dos cidadãos do Estado de Israel, nós não perdoaremos e ele é ‘persona nongrata’ no Estado de Israel, enquanto ele não retirar suas palavras para resolver esta questão".

Entenda

Em entrevista coletiva durante viagem oficial à Etiópia, Lula classificou as mortes de civis em Gaza como genocídio, criticou países desenvolvidos por reduzirem ou cortarem a ajuda humanitária na região e disse que “o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existiu em nenhum momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”.

"Não é uma guerra entre soldados e soldados. É uma guerra entre um Exército altamente preparado e mulheres e crianças", disse Lula.

O ministro Israel Katz lembrou que os nazistas mataram 6 milhões de Judeus e que a declaração do presidente brasileiro não pode ser "relativizada" ao comparar as ações de Istrael contra o Hamas "que assasinou e massacrou Judeus" com Hitler e os nazistas.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pré-candidata a prefeita e chefe da Sudeco, Rose Modesto -
Política
Em visita de Lula a MS, Rose destaca intenção de ser a primeira prefeita eleita da Capital
Em uma das faces, peça tem gravada a ilustração do livro manuscrito da primeira Constituição do País
Brasil
BC lança moeda de R$ 5 em comemoração os 200 anos da 1ª Constituição do Brasil
Rodolfo Nogueira (PL), Marcos Pollon (PL) e Dr. Luiz Ovando (PP)
Política
Trio Bolsonarista de MS vota contra prisão de Chiquinho Brazão acusado de mandar matar Marielle
O anúncio foi feito nesta quarta-feira por Lula
Brasil
Rural e Entidades: Minha Casa Minha Vida dará moradias a 440 mil pessoas
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Brasil
Atuação das Forças Armadas em terra Yanomami é regulada pelo Governo
Biometria é pedida para poder votar
Brasil
Prazo para regularizar título pela internet termina nesta segunda
Dia Nacional da Mulher Sambista é instituído em homenagem à Ivone Lara
Brasil
Dia Nacional da Mulher Sambista é instituído em homenagem à Ivone Lara
Ex-deputada federal Flordelis
Brasil
TJ do Rio mantém condenação de 50 anos para ex-deputada Flordelis
Evento aconteceu em Recife
Brasil
Lula sanciona o "SUS da Cultura", que define a gestão do setor no país
Foto: Cb Estevam/CComSEx
Brasil
Grupo de trabalho irá estudar prestação de serviço militar voluntário por mulheres

Mais Lidas

JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
Geral
JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Polícia
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Artistas confirmadas na Expogrande 2024
Comportamento
Expogrande 2024 divulga programação dos shows; confira as datas
Acidente congestionou rodovia
Polícia
AGORA: Grave acidente deixa pessoas mortas na BR-163, próximo a Anhanduí