Menu
Menu
Busca sexta, 01 de março de 2024
Brasil

Petrobras conclui venda de participação na Guarani

05 fevereiro 2017 - 11h51

A Petrobras informou nesta sexta-feira (3) que concluiu a venda da participação de sua subsidiária Petrobras Biocombustível S.A. (PBIO) na Guarani S.A. para a companhia Tereos Participations SAS.

A compradora pagou US$ 202,75 milhões após o cumprimento de todas as condições precedentes previstas no contrato, assinado em 28 de dezembro de 2016.

A PBIO detinha 45,97% do capital da Guarani, que é uma das empresas líderes do mercado brasileiro de açúcar e etanol. “A empresa detém oito unidades industriais, sendo sete no Brasil, no estado de São Paulo [usinas Andrade, Cruz Alta, São José, Severínia, Mandu, Tanabi e Vertente, esta última com controle compartilhado com o Grupo Humus, que detém 50%], e uma na África, em Moçambique [usina Sena]”, informou a estatal em nota.

De acordo com a Petrobras, a Tereos é a terceira maior produtora de açúcar do mundo e com a compra passa a ter o capital integral da Guarani. “O grupo é especializado na transformação de matérias-primas em açúcar, etanol, álcool e amido, possuindo 42 unidades industriais na Europa, América do Sul, Oceano Índico, África e Ásia, com 24 mil colaboradores.”

A venda está incluída no programa de parcerias e desinvestimentos da estatal, que no biênio 2015-2016 alcançou US$ 13,6 bilhões. O Plano Estratégico/PNG 2017-2021 da companhia prevê a saída integral das atividades de produção de biocombustíveis.

Como a venda de alguns ativos da Petrobras foi questionada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), a estatal informou no comunicado de hoje que “o projeto faz parte das cinco transações que podem ter seus contratos assinados de acordo com a decisão cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU), conforme divulgado ao mercado e à imprensa”.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Justiça
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Brasil
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
TSE
Política
TSE autoriza shows para arrecadação de recursos nas eleições de 2024
Esse tipo de prova era considerada legal até 2019
Política
TSE veta deep fake e amplia deveres das redes sociais nas eleições de 2024
Filho de desembargadora de MS preso em SP começa cumprir pena de 8 anos de prisão
Brasil
Filho de desembargadora de MS preso em SP começa cumprir pena de 8 anos de prisão
9º Batalhão de Comunicações e Guerra Eletrônica - Foto: Ilustrativa / Crédito: @9bcomge_exercito
Geral
Obra de pavilhão militar em Campo Grande custará mais de 4 milhões de reais
Deputado federal tem sigilos bancário e fiscal quebrados por suposta 'rachadinha'
Brasil
Deputado federal tem sigilos bancário e fiscal quebrados por suposta 'rachadinha'
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino
Brasil
Cerimônia de posse de Flávio Dino como ministro do STF acontece hoje
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Brasil
MS tem 15 vagas em concurso da Caixa para nível médio e superior
Ministro Gilmar Mendes e o ex-senador Delcídio do Amaral
Política
"Queda da Bastilha", diz Delcídio após ataque de Gilmar

Mais Lidas

Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Rapaz não teve tempo de ser socorrido
Polícia
JD1TV AGORA: Rapaz é assassinado com vários tiros no Aero Rancho
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
Polícia
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
As duas foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem