Menu
Menu
Busca quinta, 13 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Brasil

Rodrigo Janot diz que doleiro tem “longa e íntima relação” com Eduardo Cunha

Lúcio Fonaro foi preso na Operação Sépsis

02 julho 2016 - 10h52Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o doleiro Lúcio Funaro, preso na Operação Sépsis, tem “longa e íntima relação” com Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara dos Deputados. A conclusão de Janot consta do pedido de prisão de Funaro, autorizado hoje (1°) pelo ministro Teori Zavascki.  

De acordo com as investigações, Funaro atuava como operador financeiro de Cunha no recebimento de propina de empresas interessadas na liberação de verbas do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS). O suposto esquema de desvios foi delatado pelo ex-vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Fábio Cleto, que também é investigado.

Para indicar a suposta atuação de Funaro, Janot também citou a delação premiada de Nelson José de Mello, ex-diretor da Hypermarcas, sobre outro suposto esquema. O delator relatou repasse de propina a Funaro e Eduardo Cunha por meio de contratos fictícios.

Segundo o procurador, Nelson Mello informou ao Ministério Público que foi procurado por Cunha e Funaro em março de 2016, após ter assinado acordo de delação premiada.

Mello destacou que o doleiro mantinha com ele conversas em tom de ameaça. “Também chama a atenção a agressividade de Funaro no trato com o colaborador, manifestada por termos como 'você não sabe com quem está se metendo' e 'está querendo me... [palavrão]?”, disse Janot.

Mensalão

No pedido de prisão, Janot citou outras investigações em que Lúcio Funaro esteve envolvido, como o caso da Ação Penal 470, o processo do mensalão, Operação Satiagraha e o Caso Banestado. No mensalão, Funaro fez acordo de delação premiada e foi absolvido posteriormente pela Justiça.

“Funaro foi diretamente envolvido no Caso Mensalão, responsável por repassar valores da SMP&B (empresa de Marcos Valério) ao antigo Partido Liberal, em especial a Waldemar  Costa Neto (SP), por intermédio de sua corretora Guaranhus. Na época, apurou-se que a Garanhuns repassou a quantia de R$ 6,5 milhões ao então líder do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto”, lembrou o procurador.

Defesa

O advogado Daniel Gerber, representante de Funaro, afirmou à Agência Brasil que o doleiro não tem participação nos fatos. “Lúcio Funaro é inocente das acusações que o delator lhe imputa e irá provar inocência no curso do processo. Assim que tivermos acesso aos autos, esperamos demonstrar este equívoco ao ministro e ao Supremo Tribunal Federal”, acrescentou.

Em nota, Cunha negou as acusações de recebimento de propina e desafiou Fábio Cleto a provar as acusações.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Presidente Lula e o diretor-geral da OIT, Gilbert Houngbo
Brasil
Lula defende taxação dos super-ricos durante conferência em Genebra
Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz
Brasil
Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz
Trecho duplicado no km 374 da BR-163
Brasil
BR-163 está entre as quatro melhores do país em desempenho ambiental
Câmara aprova e 'imposto das blusinhas' vai à sanção presidencial
Brasil
Câmara aprova e 'imposto das blusinhas' vai à sanção presidencial
Ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet
Política
Simone Tebet vai ao Congresso para debater projeto da LDO de 2025
Leptospirose segue causando mortes no Rio Grande do Sul
Brasil
Número de mortes por leptospirose chega a 17 no Rio Grande do Sul
Videomonitoramento -
Brasil
Compartilhamento de imagens de câmeras pode render desconto no Imposto de Renda
Ministro da Educação, Camilo Santana -
Educação
Ministro da Educação é ouvido na Câmara sobre greves e cortes de verbas
Comissão de Saúde aprova inclusão de neuromodulação não invasiva no SUS
Brasil
Comissão de Saúde aprova inclusão de neuromodulação não invasiva no SUS
STJ aceita denúncia contra desembargadora da Bahia por esquema de venda de decisões
Justiça
STJ aceita denúncia contra desembargadora da Bahia por esquema de venda de decisões

Mais Lidas

Estátua em homenagem ao cantor João Carreiro
Comportamento
Vai ter estátua! Mesmo com polêmicas, 'Tributo a João Carreiro' acontece nesta quarta
Rua 14 de Julho
Geral
Abre e fecha de Santo Antônio: Confira o que funciona na Capital no feriado
Idoso tentou atravessar a pista e morreu atropelado
Polícia
JD1TV AGORA: Idoso morre atropelado ao atravessar fora da faixa na Av. Tamandaré
'Só coincidência': Apartamento de Azambuja, invadido e furtado, não era alvo direto
Polícia
'Só coincidência': Apartamento de Azambuja, invadido e furtado, não era alvo direto