Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Vereadores divergem sobre criação de CPI do Transporte Coletivo

A partir de quarta-feira, os parlamentares visitarão os terminais da capital

25 junho 2019 - 15h16Joilson Francelino, com informações da assessoria

Os vereadores de Campo Grande divergiram sobre a possibilidade de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Coletivo, para apurar as diversas reclamações de usuários sobre o serviço prestado.

A criação da CPI foi proposta pelo vereador Vinicius Siqueira. “A população tem reclamado que ônibus têm sumido de circulação, estão em estado precário e que o consórcio não tem cumprido contrato. A Casa de Leis não pode ficar à margem. Por isso, faço a proposição da criação de CPI para que possamos investigar”, disse.  

André Salineiro se mostrou favorável a proposta. “Desde o início do mandato temos lutas para melhorar transporte, já fiz audiência pública em que estava presente o presidente do Consórcio, mas não deu em nada. A CPI tem poder muito maior”, reiterou.

O vereador Chiquinho Teles, líder do prefeito na Câmara, considera que há etapas que podem ser vencidas com essa apuração sendo feita pela Comissão de Transporte e Trânsito da Casa de Leis. “Acho que a Comissão poderia convocar audiência pública, porque CPI não tem dado retorno. Serve para vender ilusão, gastar dinheiro público, por isso acho que dá para queimar etapas”, disse.

O presidente da Casa, vereador João Rocha, finalizou o debate destacando que “cada um pode falar do seu entendimento, a livre expressão, sobre assunto importante para a sociedade”. “Sou da opinião de que a gente precisa da política de concretude, coisas palpáveis. Penso que consórcio não tem defensores nem acusadores, pois  tem que fazer valer o que está escrito. Não sou contra a CPI, mas a CPI pela CPI cria situação que não dá em nada e temos de dar satisfação à sociedade, com motivo concreto. Temos maturidade presente na Casa, com procedimentos cabíveis. Tivemos debate saudável e esse é o papel da Câmara de Campo Grande”, disse.

O vereador Junior Longo, presidente da Comissão de Transporte e Trânsito lembrou que já há audiência pública para debater sobre o transporte coletivo prevista para o mês de julho. Ainda, anunciou que amanhã os vereadores iniciam visitas a terminais, começando pelo Bandeirantes, às 16 horas.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Dívidas do IPVA chegam a R$ 47,2 mi, diz Sefaz
Cidade
Andorinha é autuada por desrespeitar estatuto do idoso
Cidade
Cruzamento perigoso na rua da Divisão recebe semáforo
Cidade
Procon encontra alimentos vencidos em conveniência da capital
Cidade
Desassoreamento: 20 mil m³ de areia já foram retirados do lago maior
Cidade
Obra no aeroporto dará a capital um terminal a altura da cidade, afirma Marun
Cidade
Prefeitura inicia recapeamento da Euler de Azevedo
Cidade
Prefeitura quer iniciar obras de estações de pré-embarque ainda este ano
Cidade
Parque das Nações Indígenas terá toda iluminação de Led
Cidade
Marquinhos volta à Brasília nesta quarta

Mais Lidas

Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos